Sportbuzz
Testeira
Futebol / VAI FICAR!

Presidente do Santos abre o jogo sobre futuro de Carille

Carille tem contrato com o Santos até 2023 e ainda tenta encaixar seu estilo de jogo

Redação Publicado em 09/11/2021, às 16h26

Carille tem contrato com o Santos - Ivan Storti / Santos FC / Flickr
Carille tem contrato com o Santos - Ivan Storti / Santos FC / Flickr

Ainda com riscos de rebaixamento, o Santos parece tranquilo em relação ao perigo e já vem pensando na próxima temporada. Assim, Fábio Carille deve permanecer no cargo de treinador para o ano que vem, já que tem contrato até 2023.

Nesta terça-feira, 09, o presidente Andrés Rueda foi questionado sobre uma possível troca no comando do Peixe para 2022. Bastante tranquilo, o dirigente garantiu que Fábio Carille será o treinador do Santos no ano que vem.

 
Carille é o nosso técnico. Quando contratamos um técnico, contratamos até o fim da gestão, que é em 2023. Sempre que contrato, imagino a longo prazo”, garantiu Andrés Rueda.

Apesar da garantia vinda do presidente, Fábio Carille tem a dura missão de tirar o Santos do risco do inédito rebaixamento na história. Na beira do Z-4, a equipe respirou com duas vitórias seguidas, mas voltou a tropeçar na última rodada e se complicou mais uma vez.

CARILLE FALA!

A derrota para o Palmeiras no último domingo, 07, voltou a ligar o sinal de alerta no Santos. Com 35 pontos, a equipe vai precisar vencer seus próximos jogos para fugir da queda para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. 

Em entrevista coletiva, Fábio Carille comentou sobre o plano que tem para o Santos nesta edição do Brasileirão. O treinador, que ainda não tinha realizado projeções e colocado um número ideal para fugir do rebaixamento, falou pela primeira vez em relação ao tema.

"Ainda não, porque não temos o número ideal. A cada rodada isso muda. O que estou trazendo no dia a dia é o próximo jogo. Faltando menos rodadas, a gente consegue ter uma ideia melhor do que vai ser”, iniciou Fábio Carille.

Hoje não dá para apontar que com 47 a gente estaria totalmente livre. Mas eu sei que de 2014 para cá, com 44 ninguém caiu. É muito difícil, não dá para ter um número exato. Precisamos pensar no próximo jogo, somar pontos e para subir e quando estivermos mais perto ter uma ideia melhor para sabermos de quantos pontos necessitamos", afirmou. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!