Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CAMPEONATO BRASILEIRO!

Presidente do Internacional abre o jogo foguetório da torcida do Flamengo e polêmica com o Vasco

Alessandro Barcellos deixou claro foco dos jogadores para o confronto deste domingo, 20

Redação Publicado em 21/02/2021, às 14h33 - Atualizado às 15h27

Jogadores do Internacional comemorando gol
Jogadores do Internacional comemorando gol - GettyImages

Na manhã deste domingo, 21, Alessandro Barcellos abriu o jogo sobre o foguetório realizado pela torcida do Flamengo, durante a madrugada, em frente ao hotel do Internacional. O presidente Colorado deixou claro que a atitude dos rubro-negros não interferiu em nada na concentração e descanso dos atletas. 

 

"Nossos atletas estão tranquilos. Tiveram condição de sono. Muito focados para esse jogo, para essa partida. Descansados, tranquilos. Entendo que isso faz parte de uma cultura do futebol e que depende de todos nós para que isso venha mudando e que de fato as coisas se decidam dentro de campo", disse

Ainda sobre o jogo diante do Flamengo, o cartola comentou sobre o ofício enviado pelos rivais cariocas sobre a arbitragem da partida deste domingo, 21, no estádio do Maracanã.  Barcellos deixou de lado o documento e pregou por uma boa arbitragem na partida. 

"Quebramos protocolos que nós estabelecemos no jogo contra o Vasco, onde a gente fala da nossa preocupação do ponto de vista público, transparentemente, na frente de todas as câmeras daquilo que era importante para nós, o cuidado na reta final para que tudo acontecesse bem. Houve comentários de que teria outras formas de resolver isso. Estou vendo quais são as outras formas. Formas não tão transparentes e não tão republicanas que o futebol exige. Isso faz parte do passado. Isso tem que mudar", explicou. 

Por fim, ele também analisou o pedido de impugnação do Vasco em relação a partida do último final de semana, quando houve uma série de erros do VAR e também da arbitragem. O presidente do Internacional não quis criar polêmica com o assunto e concluiu: 

"Nosso trabalho foi ter foco para o que vai acontecer hoje à tarde. Todo o clube trabalhou por isso. Tentando desviar das tentativas que tiveram durante a semana, que isso não fosse tratado dessa forma. O clube teve esse cuidado para que isso desse condições aos nossos profissionais de se prepararem para esse jogo. Coisas que fazem parte da cultura do futebol. Com a grandeza do futebol brasileiro, a gente leva o protagonismo para dentro de campo. O que vai resolver hoje o 11 contra 11 e um grande jogo", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!