Sportbuzz
Testeira
Futebol / INTERNACIONAL

Presidente do Inter abre o jogo sobre possibilidade de contratação de Taison

Alessandro Barcellos explica o que falta para repatriar o atacante do Shakhtar Donetsk

Redação Publicado em 26/03/2021, às 11h23

Presidente do Inter abre o jogo sobre possibilidade de contratação de Taison - GettyImages
Presidente do Inter abre o jogo sobre possibilidade de contratação de Taison - GettyImages

Alessandro Barcellos, presidente do Internacional, , falou sobre a possibilidade de repatriar o atacante Taison. Nesta sexta-feira, 26, o mandatário afirmou que o jogador do Shakhtar Donetsk tem o interesse de retornar ao Colorado e que o clube monitora a situação.

“O Taison tem demonstrado interesse em voltar ao clube, a gente tem monitorado, mas tem um limite. Há um contrato, formalidade e nós cumprimos regras. Não vamos passar por cima disso. Ele tem vontade muito grande, isso é real, e estamos fazendo nossa parte. A questão do Shakhtar liberar ou não vai depender da relação dele com o clube, não podemos fazer nada”, disse Barcellos, em entrevista à “Rádio Gaúcha”.

Hoje com 33 anos, Taison defendeu o Inter de 2008 e 2010 e tem boa expectativa com a torcida do time gaúcho.

O presidente do Colorado ainda falou sobre a regra que limita as demissões de técnicos em cada clube ao longo do Campeonato Brasileiro. O time gaúcho foi a favor da medida.

“O internacional tem um projeto de médio e longo prazo. Apostou em uma filosofia de trabalho que precisa de tempo para acontecer. Nós temos uma avaliação muito clara do que significa uma mudança de treinador. O Brasil está fora da curva no que diz respeito a trocas de técnico, é um número muito grande em relação a outros países. Os clubes que trocam muito de treinadores acabam se prejudicando”, afirmou.

Por fim, o mandatário falou sobre o trabalho do técnico Miguel Ángel Ramírez e admitiu felicidade pela adaptação do elenco ao estilo do comandante.

“O que a gente vê no dia a dia é o momento de muito foco, intensidade na absorção dessa forma de jogar, essa forma diferente. O grupo tem uma enorme capacidade de adaptação, jogadores de alto nível, de inteligência, que se formaram de um jeito diferente mas estão buscando naturalizar os movimentos”, completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!