Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Presidente do Grêmio se posiciona sobre Copa América em Porto Alegre

Romildo Bolzan Jr, presidente do Grêmio, se mostrou contra a realização da Copa América em Porto Alegre

Redação Publicado em 31/05/2021, às 17h03 - Atualizado às 17h58

Presidente do Grêmio é contra a realização da Copa América em Porto Alegre - Lucas Uebel / Grêmio
Presidente do Grêmio é contra a realização da Copa América em Porto Alegre - Lucas Uebel / Grêmio

A realização da Copa América no Brasil causou uma grande discussão em todos os veículos e também na internet. Ainda sem uma definição concreta em relação aonde serão disputados os jogos, Romildo Bolzan Jr, presidente do Grêmio, deixou claro que não é a favor da realização do torneio no Rio Grande do Sul, principalmente em Porto Alegre. 

Em entrevista para a "GaúchaZH", o cartola gremista deixou claro que não seria de bom proveito para Internacional e Grêmio, que os jogos da Copa América fosseM realizados no estado. Baseando-se nas recomendações sanitárias e também com as primeiras recusas de Argentina e Colômbia para sediar o torneio, o dirigente disse que não quer a realização da competição em Porto Alegre. 

"Não acho prudente neste momento. A Copa América já foi recusada em dois ou três países. Não vejo a possibilidade de que seja jogada no Rio Grande do Sul e nos dois estádios (Arena e Beira-Rio). Do ponto de vista sanitário, não é recomendável que se gere todo um aparato para uma Copa América, que é de seleções, mas que no cenário do futebol mundial não tem muita expressão. Não creio que, diante das circunstâncias, seja uma situação de bom proveito para a cidade", afirmou. 

NARRADOR DA GLOBO PERDEU A PACIÊNCIA COM A REALIZAÇÃO DA COPA AMÉRICA NO BRASIL!

Nesta segunda-feira, 31, em discurso durante o programa "Seleção SporTV", Luis Roberto, narrador do Grupo Globo, se revoltou com a disputa da Copa América no Brasil. O comentarista deixou claro toda a sua insatisfação com o acordo entre Conmebol e Governo Federal para a realização do torneio no país. 

"Essa Copa América fora de hora, que nem deveria ter sido disputada, claro que a pandemia interrompeu várias competições mundo afora e obviamente que neste momento com o calendário todo estrangulado no Brasil, a Copa América é só mais um torneio caça-níquel e sem nenhuma expressão. A última, que foi disputada no Brasil, teve sua relevância, sua atmosfera. Porém, além de desfalcar os times e amontoar o calendário, um mês de Copa América já seria ridículo a realização dela em condições normais", afirmou. 

Luis Roberto relembrou, que antes do Brasil ser nomeado como a sede da Copa América de 2021, Argentina e Colômbia desistiram de protagonizar o torneio por causa de questões sociais e também devido a complicações do coronavírus. Além disso, o narrador da Globo ressaltou a velocidade em aceitar o convite da Conmebol e a demora com a vacina no Brasil. 

"Aí vem as desistências de vários países irmãos (Argentina e Colômbia), que não tem condições, por conta de pandemia, de realizar um torneio como este. E um país, que tem a pandemia descontrolada e demorou nove meses para responder a Pfizer, respondeu em dez minutos que vamos fazer a Copa América", seguiu. 

 Ele ainda desabafou dizendo que: "Abertura em Brasília, jogos em Pernambuco, final com público! Não é possível, é inaceitável, a sociedade brasileira, a coletividade do esporte, aceitar essa decisão. Sinceramente, que se realize, que eles se entendam, que os negacionistas façam caravanas agora para Brasília para ter público na grande final, momento apoteótico desta porcaria desta competição. É uma vergonha, é um tapa na cara dos brasileiros".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!