Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » BRASILEIRÃO

Presidente do Fortaleza alfineta Cruzeiro: "Jogador não vai mandar em treinador”

Marcelo Paz se pronunciou após retorno de Rogério Ceni ao clube; técnico foi anunciado no último domingo, 29

SportBuzz DIGITAL Publicado em 30/09/2019, às 09h14

Rogério Ceni
Rogério Ceni - Getty Images

O retorno de Rogério Ceni ao Fortaleza foi anunciado no início da tarde deste domingo, 29. O treinador foi demitido do comando do Cruzeiro na última quinta-feira, 26, após polêmicas envolvendo Thiago Neves e Edílson.

O desentendimento entre o técnico e Thiago Neves começou quando o meia celeste criticou a postura de jogo de Rogério Ceni depois da eliminação na Copa do Brasil, para o Internacional, afirmando que o time "nem sequer treinou com essa formação" e que o técnico teria avisado o elenco sobre algumas mudanças cerca de três horas antes do jogo.

No empate contra o Ceará, na quarta-feira, 25, o zagueiro Dedé discordou da escalação de Ceni para o jogo e alegou que Thiago Neves deveria estar no time. Incomodado com o questionamento de seu planejamento tático, o técnico saiu do vestiário irritado, sem esperar o restante da delegação, segundo informações da Rádio Itatiaia. 

Em seguida a discussão, a diretoria do Cruzeiro teria pedido para que Rogério se demitisse do cargo, mas o treinador recusou devido à multa que tem direito caso houvesse uma demissão antes do prazo final do contrato.

Ainda na quinta-feira, a diretoria do Leão decidiu rescindir o contrato com Zé Ricardo. Com a decisão, o nome de Rogério Ceni era o mais especulado para assumir o posto. E foi o que aconteceu no último final de semana. 

Após anunciar o retorno do técnico, o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, defendeu Ceni e ainda confirmou que o treinador era o melhor nome para o Leão.

"Enquanto eu estiver aqui, jogador não vai mandar em técnico. Não vai decidir quem fica ou quem sai. Cada um tem sua forma de fazer (o trabalho). Aqui no Fortaleza existe uma hierarquia de presidência, comissão técnica e de jogadores"declarou.

Com o Cruzeiro, Ceni fez oito partidas no comando da Raposa, 4 derrotas (uma que causou a eliminação do time na Copa do Brasil), 2 empates e apenas 2 vitórias. O momento conturbado do treinador coincidiu com a crise na diretoria, que enfrenta problemas na Justiça e acumula dívidas.

No Tricolor do Pici, Rogério conquistou três títulos e um acesso para a Série A do Brasileirão, o que o tornou "o maior técnico da história do Fortaleza". Ceni terá o desafio de livrar o Fortaleza do fantasma da zona de rebaixamento do Brasileirão. O time vem de uma sequência de quatro jogos sem vitórias e está na 15ª posição, com 22 pontos, três de distância da zona da degola.  

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!