Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » Novela Neymar

Presidente do Barça diz que Neymar Jr. não estará no clube catalão em janeiro

Josep Maria Bartomeu ainda completou que o Barcelona não ofereceu jogadores em troca do brasileiro

SportBuzz DIGITAL Publicado em 06/09/2019, às 18h58

Neymar Jr.
Neymar Jr. - Getty Images

Em entrevista ao canal do Barcelona, o presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, declarou que o desejo do Barça por Neymar Jr. seria apenas uma possibilidade 'extra' no mercado da bola, já que o clube tem todo o planejamento pronto no início do ano. Ele revelou partes das negociações com o Paris Saint-Germain. 

Sobre os boatos que surgiram de que o atacante estaria na mira da equipe catalã na próxima janela de transferência, em janeiro, Bartomeu ele bateu o martelo. “Não, neste momento não. O planejamento da temporada se faz em janeiro, fevereiro. Será quando voltaremos a falar do tempo. Mas, se o PSG voltar por cifras muito altas...”, concluiu.

A respeito do valor por Neymar, o presidente se referiu ao preço de R$ 1,6 bilhão que o PSG cobrou pelo jogador. O Barça só demonstrou interesse depois que o brasileiro manifestou sua vontade de sair do clube do Parque dos Príncipes, e que sua contratação não estava dentro do previsto.

No Twitter oficial do Barcelona, o clube publicou uma fala do presidente Bartomeu. "O planejamento esportivo estava feito há muito tempo e fizemos as contratações que estavam planejadas. Esse elenco é mais competitivo que o do ano passado. É curto, mas muito competitivo", dizia.

Bartomeu ainda é categórico sobre o desejo de Neymar no Barça."No clube, havia a expectativa para que Neymar visse. O Barça não colocou jogadores sobre a mesa, são jogadores que o PSG colocou. Mas, durante as negociações, quando aparecem novas demandas do PSG, dizemos que não poderiam ser assumidas e paramos as conversas", completou. 

Crédito: Reproduçã/ Twitter

 

O comandante ainda finalizou sobre a cláusula no contrato de Messi, que permite que o argentino possa deixar o clube catalão quando quiser. 

"Como os casos de Xavi, Iniesta e Puyol, também Messi deve ter a liberdade de decidir seu futuro e quando queira deixar de jogar futebol. Queremos que chegue a 2021 e além. Como presidente, estou muito tranquilo", finalizou. 

Crédito: Reprodução/ Twitter

 

Neymar Jr. volta aos gramados esta noite, 6, no amistoso da Seleção Brasileira diante a Colômbia, em Miami, nos Estados Unidos. 

 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!