Sportbuzz
Testeira
Futebol / ESTÁ DANDO O QUE FALAR!

Presidente da Uefa afirma ser contra a Copa do Mundo a cada dois anos

Em assembleia, Aleksander Ceferín, mostrou ser contra a Copa a cada dois anos e usou o evento para voltar a criticar a Superliga

Redação Publicado em 06/09/2021, às 16h12 - Atualizado às 16h21

Aleksander Ceferín se mostrou ser contra a realização da Copa do Mundo a cada dois anos - Getty Images
Aleksander Ceferín se mostrou ser contra a realização da Copa do Mundo a cada dois anos - Getty Images

Nesta segunda-feira, 6, durante assembleia da Associação Europeia de Clubes (ECA), o presidente da Uefa, Aleksander Ceferín, se posicionou novamente contra à realização da Copa do Mundo a cada dois anos, afirmando que "mais nem sempre é melhor".

O presidente da entidade máxima do futebol europeu também utilizou o evento para voltar a criticar a criação da Superliga (iniciativa criada por alguns dos principais clubes da Europa, para criar uma competição paralela à Champions League, mas que acabou fracassando devido à desistência da maioria dos clubes envolvidos).

“Nada foi normal e como o esperado em 2020 e 2021. Queremos voltar ao normal. Para isso devemos estar unidos diante desse infortúnio farsante chamado Superliga. Esperemos que tenha sido apenas um episódio isolado”, afirmou o dirigente.

 

 

Ainda sobre a Copa do Mundo, Ceferín acrescentou que "o calendário de jogos internacionais não precisa disso", afirmando que os jogadores também necessitariam de verões sem competições de grande importância para poderem se recuperar. Sem contar que a realização do torneio a cada dois anos iria desvalorizá-lo.

No entanto, apesar da forte opinião contrária de Ceferín, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse que a entidade está aberta para qualquer tipo de sugestão:

"Não há tópicos-tabu, a porta da Fifa está aberta para cada ideia, para cada sugestão".

A Fifa afirmou que realizará um estudo para saber se a proposta, feita pela Arábia Saudita, de sediar Copas do Mundo masculinas e femininas a cada dois anos, realmente é viável. A edição de 2022 no Catar será a última com 32 seleções, já que, à partir de 2026, o evento contará com a participação de 48 nações.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!