Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » CASOS DE RACISMO!

Premier League rejeita seguir recomendação da Fifa para lidar com o racismo

Tottenham pediu esclarecimentos à organizadora do Campeonato Inglês depois do caso de Rüdiger, do Chelsea

Izabella Macedo Publicado em 24/12/2019, às 11h53

Premier League não segue o protocolo da FIFA para lidar com os casos de racismo
Premier League não segue o protocolo da FIFA para lidar com os casos de racismo - GettyImages
A entidade máxima do futebol, FIFA, pediu em julho para que todas as competições aplicassem um procedimento envolvendo três etapas em resposta aos casos de racismo recentes no futebol. No entanto, não imaginavam que a Premier League, organizadora do Campeonato Inglês, não fosse aderir a recomendação.
 
O desrespeito ao protocolo estabelecido pela secretária geral da FIFA, Fatma Samoura, gerou uma grande confusão. Depois do envio da carta, em julho, o futebol inglês passou a ter vários casos de racismo durante os jogos.
 
Na última segunda-feira, 23, o Tottenham pediu que a Premier League esclareça os procedimentos. O pedido vem depois do relato do defensor do Chelsea, Antonio Rudiger, que disse ter ouvido torcedores do adversário imitando sons de macaco em sua direção, durante a partida envolvendo as duas equipes.
 
Após o episódio, no entanto, apenas um aviso no autofalante advertia os torcedores e em seguida a partida reiniciou.
 
“Comportamento racista entre os espectadores está interferindo no jogo”, dizia.
 
Com a ordem do árbitro em fazer o anúncio, o primeiro passo do protocolo antirracismo da FIFA e da UEFA estava sendo bem seguido. Porém, o plano de reação da Premier League conta com seis etapas e não é tão claro quanto o da FIFA e da UEFA em instruir os árbitros nesses casos.
 
A prioridade da organizadora inglesa é “garantir que a partida não seja indevidamente interrompida”. Dessa forma, não está incluso que os torcedores sejam avisados pelos autofalantes. 
 
Ao ser informado sobre o racismo sofrido pelos jogadores, o primeiro passo do protocolo da Premier League é que o árbitro avise os seguranças para eles encontrarem os autores.
 
“Quando o incidente foi comunicado ao árbitro Anthony Taylor, ele tomou a decisão de apelar à implementação da Fase 1 do protocolo da UEFA – em vez do protocolo da Premier League – e solicitou o anúncio, como também pediu um novo anúncio que criou um equívoco de que estava havendo um problema”, disse o Tottenham por meio de um comunicado.
 
O equívoco relatado pelo Tottenham foi gerado depois que três anúncios foram disparados em um intervalode 10 minutos. Assim, os torcedores não estavam entendendo o que acontecia e nem mesmo o time visitante. Havia ainda o risco de o jogo ser abandonado por conta da

reincidência  dos abusos.


5 itens de times internacionais que todo amante do futebol vai querer ter

1- Camisa Juventus 1985 Retrô - https://amzn.to/2JeQQgo

2- Caneca Scandinavia Real Madrid - https://amzn.to/2oh7iWs

3- Porta Tênis c/ 2 divisões Manchester City - https://amzn.to/32GlAin

4- Funko Pop! Paris Saint-Germain Kylian Mbappé - https://amzn.to/2pJkLGO

5- Bola Bolsa Esportiva Barcelona - https://amzn.to/2MGSGsQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!