Sportbuzz
Testeira
Futebol / MUDANÇAS!

Premier League altera linhas do VAR para auxiliar atacantes no impedimento; entenda!

Chefe de arbitragem da Premier League anunciou as mudanças na forma como o VAR traça a linha de impedimento

Redação Publicado em 03/08/2021, às 09h10

Premier League altera linhas do VAR - GettyImages
Premier League altera linhas do VAR - GettyImages

Sabe aqueles gols anulados por uma diferença mínima, ou os pênaltis que geram dúvidas? Então, eles estão com os dias contados para serem resolvidos de vez na Premier League. O chefe de arbitragem da liga anunciou mudanças na forma como o VAR vai avaliar esses lances.

Mike Riley falou da alteração na abordagem do VAR, e também dos juízes, para a próxima temporada em ambas as situações. Uma das novidades apresentadas por ele é técnica: as linhas que desenham os impedimentos a partir de agora serão mais grossas.

Segundo ele, atualmente as linhas do VAR que são utilizadas para esse tipo de situação possuem um pixel de largura, e indicam os impedimentos milimétricos. Assim, a partir de agora, a Premier League vai usar da mesma forma que nas transmissões de TV, com essas linhas mais grossas.

No entanto, caso os traços que indicam as posições do atacante e do defensor acabarem se confundindo na hora da avaliação, o ataque será considerado em posição legal, seguindo o antigo conceito de quando era classificado na "mesma linha".

"Efetivamente, o que devolvemos ao jogo são 20 gols que foram anulados na última temporada por meio de um escrutínio bastante forense. São as unhas dos pés, o nariz dos jogadores que na temporada passada estavam impedidos. Nesta temporada, eles estarão em posição legal", disse o chefe de arbitragem da Premier League.

Além dessa situação, outra mudança de abordagem para esta temporada será relacionada ao pênalti. A Premier League quer adotar critérios mais rígidos na hora de fazer a marcação das penalidades.

Na temporada passada, por exemplo, foram 125 vezes que o árbitro apitou um pênalti, um número considerado bem alto para os padrões da liga. O objetivo é evitar marcações em jogadas onde o atacante forçar um contato para sofrer uma falta dentro da área.

"Os árbitros procurarão o contato e estabelecerão um contato claro, então se perguntarão: esse contato tem uma consequência? O jogador usou esse contato para realmente tentar ganhar um pênalti? Portanto, não é só dizer: 'Sim, há contato', e marcar o pênalti", explicou Riley.

Ainda segundo Mike Riley, caso um lance parecido aconteça na Premier League, e o árbitro marcar o pênalti, o VAR tem a autorização para intervir e anular a penalidade.

"Acho que o retorno que recebemos dos jogadores, tanto os atacantes quanto os defensores, é que você quer que seja uma falta adequada e que tenha uma consequência, não algo que alguém tenha usado o leve contato para ultrapassar, e nós demos a penalidade para recompensá-lo", contou.

Para colocar essas novas medidas em prática, a Premier League começa no próximo dia 13, uma sexta-feira, com a partida entre Brentford e Arsenal.

Na primeira rodada da competição, o destaque ficou por conta do encontro entre Tottenham e o atual campeão Manchester City, no domingo, dia 15, em Londres.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!