Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Polêmica! Dirigente do Atlético-MG alfineta Cruzeiro e diz: "A ruína não está completa"

Vice-presidente do Galo publicou algumas publicações polêmicas em seu Twitter

Redação Publicado em 23/12/2020, às 11h03 - Atualizado às 12h01

Cruzeiro e Atlético-MG em ação
Cruzeiro e Atlético-MG em ação - GettyImages

Lásaro Cândido comemorou, e muito, a derrota do Cruzeiropara a Ponte Preta, na última terça-feira, 22. O resultado praticamente selou a permanência da Raposa em seu ano de centenário na série B do Campeonato Brasileiro. Sendo assim, o vice-presidente do Galo aproveitou para cutucar os rivais celestes. 

Questionado por um de seus seguidores, durante a manhã desta quarta-feira, 23, se havia acordado feliz, Lásaro deixou claro: "Feliz não. Próximo do “céu”....rs". Essa declaração, foi posterior a uma publicação, na qual o dirigente não teve piedade da fase da Raposa. 

"Há cerca de 2 anos quando perdemos o campeonato mineiro na ”mão grande” fui na época questionado por um amigo atleticano, dizendo que o Galo deveria imitar o tal clube, contratando a qq preço etc. Disse a ele na época: ”aquilo lá vai explodir”.. Espere… A ruína ainda não está completa! (SIC)”, escreveu. 

COMO FOI A DERROTA DO CRUZEIRO? 

O Cruzeiro não deve curtir seu ano de centenário na série A do Campeonato Brasileiro. Isso porquê, na última terça-feira, 22, a equipe foi até o Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e sofreu uma derrota dolorida para a Ponte Preta, por 2 a 1.

O primeiro tempo da partida foi de amplo domínio da Raposa. A equipe de Felipão criou as melhores oportunidades, se mostrou mais disposta a levar a vitória para casa e não deu espaços para que a Macaca criasse chances reais de perigo contra a meta de Lucas França. 

Não demorou muito para que o Cruzeiro abrisse o placar. Aos nove minutos, após cobrança de escanteio de Felipe Machado, Manoel se antecipou aos adversários e cabeceou para o fundo das redes. O goleiro Ygor tentou chegar na bola, mas o cabeceio foi idefensável. 1 a 0. 

Controlando o jogo, o time de Felipão voltou com uma postura diferente para a segunda etapa. Parecido com o segundo tempo diante do Avaí, na Ressacada, na rodada anterior, o Cruzeiro abdicou de atacar e optou por se defender. 

A partir dessa decisão da Raposa, a Ponte Preta agradeceu e colocou o seu time para pressionar a saída de bola e também trabalhar a posse para abrir espaços na defesa rival. A equipe da casa se colocou no ataque,e de lá não saiu mais. 

Não demorou muito para que a Macaca conseguisse seu tento de empate. Aos 20 minutos da etapa final, após bate e rebate na área, a bola sobrou para Luizão e o zagueiro encheu o pé para vencer Lucas França no lance e deixar sua marca na partida. 

Seis minutos depois, aos 31, foi o momento da virada da Ponte Preta. Em uma jogada despretensiosa pela esquerda, Bruno Rodrigues cruzou à meia altura, a bola passou por todos na área e foi morrer nas redes do Cruzeiro. 2 a 1. 

Após sofrer a virada, o time de Felipão tentou mudar a partida e buscar, ao menos, o empate. No entanto, ofereceu pouco perigo para o goleiro Ygor, que apenas trabalhou em chutes de fora da área. Com o resultado, o Cruzeiro praticamente definiu seu futuro no Brasileirão de 2021. 

Precisando vencer as próximas oito partidas, a Raposa acabou vendo uma improvável vaga para a série A do Campeonato Brasileiro escapar de suas mãos com a derrota para a Ponte Preta. Com 40 pontos, a equipe está há oito da zona de rebaixamento e nove do G-4. 

Já a Ponte Preta se colocou ainda mais como candidata a subir para elite do futebol nacional. Na sexta colocação, com 46 pontos, a equipe está três pontos atrás do Juventude, que ocupa a quarta posição na tabela de classificação da série B do Campeonato Brasileiro.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!