Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ADEUS!

Pikachu diz ter Vasco no coração, lamenta rebaixamento e aproveita para esclarecer: "Nunca pensei em colocar na Justiça"

Lateral está de saída do clube carioca, que não vai utilizá-lo neste temporada

Redação Publicado em 16/03/2021, às 11h20

Yago Pikachu quando ainda era jogador do Vasco
Yago Pikachu quando ainda era jogador do Vasco - GettyImages

O jogador que mais vestiu a camisa do Vasco no século 21, com 253 jogos e 40 gols marcados está deixando o clube.

Yago Pikachu contou, em entrevista ao site "Globo Esporte", que vê o momento como o mais adequado para finalizar seu ciclo em São Januário, porém lamenta que o capítulo final tenha sido com o quarto rebaixamento.

"Primeiro é um sentimento de gratidão por tudo que passei no clube, conheci muita gente, funcionários. E agora vamos respirar novos ares. Acredito que era o momento certo, mas não da forma que está sendo com o rebaixamento. Mas acredito que fiz meu papel da melhor maneira possível, me doei o máximo desde aquele jogo contra o Madureira em 2016 até o último contra o Goiás. Saio de cabeça erguida e agradeço muito ao clube por tudo que passei", disse.

Além disso, Pikachu concorda com o corte de custos apresentado pelo executivo de futebol do clube, AlexandrePássaro, a quem também fez elogios.

O atleta avalia como necessária a reformulação do grupo, que também não conta mais com FernandoMiguel, Henrique, GustavoTorres, LéoGil, MarceloAlves e YgorCatatau.

O clube ainda espera a definição dos casos de MarcosJúnior, Werley, NetoBorges e LucasSantos. O experiente lateral crê que a transformação ficou ainda mais crucial com a perda de dinheiro causada pelo rebaixamento.

"Depois do que aconteceu, essa reformulação é importante porque o clube vai perder uma receita. Acredito que os meninos da base vão ter muito mais oportunidade e sabemos que a base do Vasco é uma das melhores do Brasil e sempre revela jogadores. Esse era o momento de sair pelo desgaste que teve, pelo período, mas sempre quis sair pela porta da frente", avaliou.

2020 realmente foi o pior do atleta a camisa do Vasco e os recorrentes atrasos até o permitiam a buscar uma rescisão unilateral, mas ele preferiu preservar a relação e evitar os tribunais pelo carinho que tem pelo Vasco.

"Teve oportunidade de sair na Justiça, mas nunca foi meu desejo. Nunca passou pela minha cabeça colocar o clube na Justiça e essa negociação foi feita para sair pela porta da frente. Até porque tudo pelo que o clube fez por mim", explicou.


 
 
 

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!