Sportbuzz
Testeira
Futebol / SELEÇÃO BRASILEIRA

Pia fala de testes na seleção e destaca Debinha: “Fantástica”

Seleção Brasileira Feminina venceu a Venezuela por 4 a 1, pelo Torneio Internacional de Manaus, e técnica Pia Sundhage avaliou desempenho do Brasil e falou sobre variações pensando no próximo ano

Redação Publicado em 29/11/2021, às 11h48

Pia fala de testes na seleção e destaca Debinha: “Fantástica” - Thais Magalhães/CBF/Flickr
Pia fala de testes na seleção e destaca Debinha: “Fantástica” - Thais Magalhães/CBF/Flickr

A técnica Pia Sundhage falou sobre os testes que fez durante a vitória da Seleção Brasileira feminina sobre a Venezuela, por 4 a 1, neste domingo, 28, na Arena da Amazônia, pela segunda rodada do Torneio Internacional de Manaus. Em coletiva após a partida, a comandante comentou sobre o papel da atacante Debinha, que marcou um dos gols da goleada.

“Debinha é fantástica. Ela marca gols e fez mais um hoje e penso que foi nossa melhor jogadora. É dedicada, cobre muitos espaços, corre por todo o time e é muito boa na bola. Ela se torna cada vez mais importante. Estou muito feliz com a performance dela”, disse a treinadora.

A comandante sueca ainda falou sobre as variações táticas que promoveu, incluindo o sistema 4-3-3. Pia destacou a importância de variar as escalações de olho na próxima edição da Copa América. Segundo ela, o Brasil precisa guardar mais posição no meio-campo e viu a necessidade de encontrar ritmo para não deixar a defesa desprotegida.

“Com as novas jogadoras entrando temos que ser pacientes, pois se não veríamos sempre as mesmas jogadoras e não veremos sempre as mesmas jogadoras na Copa América”, disse a treinador.

Pia Sundhage também explicou a opção por começar com Marta no banco de reservas. A camisa 10 da seleção não participou dos treinamentos com o grupo e entrou em campo pela última vez pelo Brasil no empate com a Austrália, em 26 de outubro. A jogadora do Orlando Pride entrou no segundo tempo da partida.

“A razão de Marta ter saído do banco e mudado o jogo e eu fiquei feliz com isso. A bola que ela deu para Giovana, foi loucura, muito legal. A razão foi que ela não vinha treinando e ela veio para seleção um pouco depois e quero que ela permaneça saudável e estamos cuidadosos sobre quanto ela irá jogar. Aqui ela teve somente um treinamento e jogou alguns minutos hoje e vamos ver o que ela pode fazer no próximo jogo e concordo com muitos de vocês. Ela é importante para nós. O jeito que saiu do banco e fez a diferença. Isso é bom para nós e estou feliz com isso”, completou.

A Seleção Brasileira Feminina volta a campo na próxima quarta-feira, 1 de dezembro, às 21h (de Brasília), para enfrentar o Chile, novamente na Arena da Amazônia, pela terceira rodada do Torneio Internacional Feminino de Manaus. As chilenas venceram a Índia por 3 a 0, na última partida, e derrotaram as venezuelanas por 1 a 0 na estreia.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!