Sportbuzz
Testeira
Futebol / UAU!

Pesquisa aponta que pandemia acabou reduzindo os valores dos principais clubes europeus; confira!

Desempenho financeiro das equipes europeias reduziu bastante desde o início da pandemia no mundo

Redação Publicado em 14/07/2021, às 12h07

Jogadores treinando durante a pandemia - GettyImages
Jogadores treinando durante a pandemia - GettyImages

Que a pandemia de coronavírus impactou financeiramente em todos os clubes do mundo, isso é mais do que certo. No entanto, o que seria isso em números? Segundo os dados financeiros públicos, as principais equipes da Europa registraram queda de 15% no valor de mercado.

Dessa forma, elas acabaram encerrando o ano passado com um total de agregado de 33,6 bilhões de euros. Esse valo interrompeu uma sequência de seis anos de crescimento constante, e é ligeiramente superior ao registrado em 2018.

Esses são os principais levantamentos da sexta edição da pesquisa "Avaliação dos Clubes de Futebol: A Elite Europeia" (Football Clubs' Valuation: The European Elite 2021), realizada pela "KPMG", onde foram analisados os indicadores financeiros das 32 equipes europeias mais valiosas.

Além disso, essa pesquisa ainda indica uma pouca variação na classificação geral dos clubes, porém, mudanças drásticas na posição de caixa. As perdas durante todo o ano passado superaram os seis bilhões de euros.

Esses números são um reflexo imediato da queda nas receitas com transmissão de jogos e venda de bilheteria. Já as receitas comerciais registraram um leve aumento, especialmente por conta dos acordos assinados antes do início da pandemia.

"O impacto da pandemia é evidente na rentabilidade dos clubes. Apenas sete dos 32 principais times registraram lucro líquido no ano passado. No período anterior, essa lista contava com 20 participantes. Entretanto, apesar do resultado negativo provocado pela covid-19, desde 2016 até agora, as equipes de elite europeias aumentaram em 27% seus valores de mercado estimado agregado", explicou o líder de mídia e esportes da "KPMG" no Brasil, Francisco Clemente.

Mesmo "em crise", o Real Madrid conseguiu manter a posição de clube de futebol europeu mais valioso pelo terceiro ano consecutivo, enquanto o Barcelona superou o Manchester United e conquistou o segundo lugar.

Já o Paris Saint-Germain subiu para a oitava posição, ficando na frente do Tottenham, enquanto a Juventus voltou ao "Top 10", substituindo o Arsenal, que caiu seis posições desde a primeira edição do ranking. 

Confira a lista completa dos 10 clubes europeus mais valiosos:

  1. Real Madrid CF
  2. FC Barcelona
  3. Manchester United FC
  4. FC Bayer Munchen
  5. Liverpool FC
  6. Manchester City FC
  7. Chelsea FC
  8. Paris Saint-Germain FC
  9. Tottenham Hotspur FC
  10. Juventus FC

Desde a primeira edição do estudo, os dez primeiros clubes situados no ranking registraram um desempenho maior àquele apresentado pelos outros 22, se formos considerar o total das receitas operacionais, a relação entre os custos de pessoal e receitas e o resultado líquido.

Para se ter uma ideia, na temporada passada, as receitas operacionais dos clubes no "Top 10" representaram quase 60% do total de todos os pesquisados e cerca de 30% do prejuízo líquido agregado.

Além deles, os valores dos jogadores de futebol também não deixaram de sentir. Segundo a pesquisa, o valor de mercado agregado dos 500 mais valiosos caiu 10% entre fevereiro do ano passado e abril deste ano.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!