Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ARSENAL

Pep Guardiola defende a permanência de Mikel Arteta como técnico do Arsenal

Os Gunners não vencem na Premier League há cinco rodadas e o cargo do treinador espanhol segue em risco

Redação Publicado em 15/12/2020, às 12h20

Mikel Arteta trabalhou como auxiliar técnico de Pep Guardiola por três anos
Mikel Arteta trabalhou como auxiliar técnico de Pep Guardiola por três anos - Getty Images

Mikel Arteta tem um grande histórico como jogador, passando por clubes como Paris Saint-Germain, onde jogou ao lado de Ronaldinho Gaúcho, Everton e Arsenal. Após se aposentar, trabalhou por três anos, entre 2016 e 2019, como auxiliar técnico de Pep Guardiola no Manchester City.

Em dezembro de 2019, após a demissão de Unai Emery, Mikel Arteta foi apontado como o novo técnico do Arsenal, em um contrato válido até 2023. Desde então, terminou a temporada anterior na oitava posição da Premier League e conquistou dois títulos com o clube: a Copa daInglaterra, derrotando o Chelsea, e a Supercopa da Inglaterra, vencendo o Liverpool nos pênaltis.

Entretanto, na atual temporada, o Arsenalnão faz boa campanha na Premier League, ocupando a 15ª colocação, com quatro vitórias, um empate e sete derrotas. Já por outro lado, os Gunnersestão com 100% de aproveitamento na Europa League, mas irão enfrentar o Benfica, de Jorge Jesus, nos dezesseis avos de final da competição.

Questionado pelo jornal Mirror sobre o risco de demissão de Mikel Arteta do Arsenal, PepGuardiola não poupou elogios ao ex-auxiliar técnico.

O Arsenal não tem um treinador melhor para liderar este clube - neste ano e no próximo - que seja melhor do que ele. Não tenho de dar publicamente o meu apoio porque ele o tem e sabe que o tem. Ele é um dos melhores administradores com quem já trabalhei, é claro, e vi diretamente”, disse Guardiola.

Tenho certeza que ele vai se virar e vai fazer como todo mundo espera. Mas às vezes, quando um clube vem de uma temporada complicada, às vezes precisa de tempo. Eu diria que [se eu fizesse] parte da diretoria do Arsenal, não terei dúvidas sobre sua qualidade e capacidade para colocar o Arsenal no lugar como o Arsenal merece estar”, concluiu.

O próximo confronto do Arsenal será nesta quarta-feira, 15, contra o Southampton no EmiratesStadium. Os Gunners, que estão há cinco rodadas sem vencer, precisam da vitória para subir na tabela. Já os Saintsocupam a quarta colocação com sete vitórias, dois empates e apenas três derrotas.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!