Sportbuzz
Testeira
Futebol / COPA DO NORDESTE

Bahia deslancha no segundo tempo e vence o Campinense por 3 a 1

No jogo que pode ser considerado como a estreia do Bahia na Copa do Nordeste, a equipe se saiu bem diante do Campinense fora de casa

Redação Publicado em 29/01/2022, às 18h00

Jogadores do Bahia comemorando o gol - Felipe Oliveira/EC Bahia/Flickr
Jogadores do Bahia comemorando o gol - Felipe Oliveira/EC Bahia/Flickr

Campinense e Bahia entraram em campo na tarde deste sábado, 29, em partida válida pela segunda rodada da Copa do Nordeste, no Amigão, em Campina Grande. Na estreia da competição os donos da casa empataram com o Náutico em 0 a 0. Com o resultado, o time paraibano ficou na segunda posição do Grupo A, ainda que faltem jogos para acontecer.

Do outro lado, os visitantes até então não tinham entrado em campo pela Copa do Nordeste deste ano. Acontece que a partida da primeira rodada, contra o Sampaio Corrêa, foi adiada para o dia 24 de fevereiro. Dessa forma, o duelo contra o Campinense foi como a estreia do Tricolor da Boa Terra no Nordestão.

Canal - SportBuzz

O jogo

Primeiro tempo

Os primeiros minutos de jogo no Amigão foram de um Bahia marcando a saída de bola do Campinense para tentar acionar Raí Nascimento e Ronaldo César na velocidade. Nesse momento, o lado esquerdo do Tricolor de Aço foi como uma válvula de escape da equipe comandada por Guto Ferreira.

Com 18 minutos, a bola foi alçada da defesa para o ataque, sobrou na intermediária para Olávio, que contando com muito espaço, encheu o pé e tentou a sorte. A bola passou tirando tinta da trave direita do goleiro Danilo Fernandes e levantou a torcida raposeira no Amigão. No minuto seguinte, o Bahia chegou com bastante perigo ao gol adversário.

Por conta da saída de bola errada do zagueiro Cleiton, a defesa do Bahia recuperou a posse, acionou Daniel, que com espaço, encontrou Marco Antônio sozinho cara a cara com Mauro Iguatu. De primeira o camisa 11 Tricolor encheu o pé, mas acabou mandando a bola por cima do gol do Campinense.

Jogadores e técnico do Bahia
Jogadores do Bahia e o técnico Guto Ferreira (Crédito: Felipe Oliveira/EC Bahia/Flickr)

 

Com 40 minutos de confronto, gol do Bahia! No cruzamento de Daniel para a entrada da área, a zaga do Campinense acabou afastando mal, Rezende dominou, mandou com tudo e a bola sobrou limpa para Marco Antônio, que estava em posição legal, estufar as redes de Mauro Iguatu e inaugurar o marcador.

Sete minutos depois, em uma bola perdida pelo Bahia no campo de defesa, Matheus Régis encontrou Felipinho na intermediária, que encheu o pé. O lateral-direito contou ainda com um desvio na defesa do Bahia para estufar o ângulo do goleiro Danilo Fernandes e deixar o jogo da Copa do Nordeste empatado até aqui.

Fim do primeiro tempo!

Segundo tempo

Na volta do intervalo, depois da grande vontade inicial, o Campinense desceu as suas linhas, o que fez com que o Bahia colocasse mais jogadores no campo de defesa do time paraibano. Até que aos 39 minutos, na cobrança de falta da intermediária, o colombiano Rodallega acertou um chute e mandou direto no ângulo de Mauro Iguatu.

Sem nem dar um tempo para respirar, aos 43 o Bahia ampliou! Em uma bola esticada do lateral direito Jonathan para o ataque, a defesa do Campinense falhou e Marcelo Cirino, apostando na velocidade, tocou a bola na saída de Iguatu para fazer o terceiro gol da equipe visitante, e aproveitando para manter o tabu de 60 anos.

Fim de jogo!


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!