Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » SOLTOU O VERBO!

Pedro Rocha rebate protestos da torcida do Cruzeiro: “Todos aqui têm vergonha na cara”

Atacante afirmou que entende o sentimento dos torcedores e pediu união no momento difícil

SportBuzz Digital Publicado em 11/09/2019, às 14h16

Pedro Rocha
Pedro Rocha - GettyImages

O Cruzeiro vive um dos momentos mais complicados dos últimos anos. O clube mineiro está pertíssimo da temida Zona de Rebaixamento do Brasileirão e acumula uma sequência de eliminações e resultados negativos, como por exemplo na última partida contra o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, que acabou goleado por 4x1 dentro de casa.

Os torcedores, furiosos com a atual situação do clube, já deixaram claro que farão diversos protestos, solicitando mudanças na direção e um pouco mais de entrega por parte dos jogadores, que não estão demonstrando um bom desempenho dentro dos gramados.

Em entrevista coletiva, o atacante Pedro Rocha rebateu algumas falas ofensivas e ameaçadoras das torcidas organizadas. Deixando claro que todos estão incomodados com a má fase, o jovem disse que precisa existir respeito por parte de quem cobra.

“Todo mundo aqui é profissional, tem vergonha na cara, e sabe que precisa melhorar. Então, a gente vai continuar trabalhando, fazer o nosso melhor, para sair dessa situação. Assim (do jeito que está), ninguém fica feliz”, começou ele.

Ainda no assunto, ele disse que entende a impaciência por parte dos torcedores, porém, ressaltou que é preciso que haja união entre ambas as partes, afinal, só assim conseguirão reverter o momento que vivem.

“A gente entende. O sentimento do torcedor é o nosso também. A gente nunca quer passar por essa situação. A gente procura ao máximo dar alegrias ao torcedor. Entendo a impaciência deles, mas queria frisar que é um momento difícil e que a gente precisa mais do que nunca do apoio deles. Só assim, unidos, a gente pode sair dessa situação”, frisou o atleta. 

Por fim, Pedro contou que não houve conversa entre os jogadores no vestiário após a goleada sofrida contra o tricolor gaúcho.

“De cabeça quente, não adianta a gente conversar. Temos a semana aí para conversar, para acertar todos os detalhes. A gente fica chateado com a situação. O Cruzeiro não merece estar numa situação como esta”, concluiu o craque.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!