Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Paulo Sousa fala sobre gritos de 'burro': "Te idolatram e te criticam"

Paulo Sousa comentou o momento em que a torcida do Flamengo o xingou de "burro" por conta das alterações feitas na equipe que venceu o Audax por 2 a 1

Redação Publicado em 11/02/2022, às 07h19

Paulo Sousa, treinador do Flamengo de máscara - Marcelo Cortes/Flamengo/Flickr
Paulo Sousa, treinador do Flamengo de máscara - Marcelo Cortes/Flamengo/Flickr

Nesta quinta-feira, 10, em Volta Redonda, o Flamengo superou o Audax por 2 a 1, mas quem vê o resultado final não imagina que a equipe comandada por Paulo Sousa teve uma certa dificuldade em vencer o adversário na partida válida pela quinta rodada do Campeonato Carioca. Isso, inclusive, foi motivo para que a torcida pegasse no pé do treinador.

Depois do confronto, Paulo Sousa analisou a atuação Rubro-Negra diante do rival, e apontou que seus comandados precisam ser mais objetivos nos momentos em que acabam sendo superiores em relação aos rivais. A ideia para o treinador é aproveitar essas oportunidades para criar jogadas que possam resultar em gols.

Canal - SportBuzz

"Não escondi desde o início, seja para o time ou publicamente. A equipe sabe o nosso modelo, o que pretendemos no nosso jogo, sobretudo ter domínio e a bola. Criar oportunidades várias, seja no corredor central ou pelos lados. Para além da minutagem que pretendemos dar a todos, também quero expô-los de forma positiva para tomarmos certas decisões", analisou.

"Sentimos muitas dificuldades em certos momentos, outras com mais facilidades, sobretudo no segundo tempo, quando poderíamos ter feito o terceiro e o quarto gols. Temos que ser muito mais eficazes nesses momentos onde somos claramente superiores ao nosso adversário", completou.

Paulo Sousa, treinador do Flamengo junto dos jogadores
Paulo Sousa, treinador do Flamengo junto dos jogadores (Crédito: Marcelo Cortes/Flamengo/Flickr)

 

Sobre os gritos de "burro", disparados pela torcida por conta da forma como mexeu no time durante a partida, ainda mais em meio a dificuldade que o Flamengo estava enfrentando e ir para o gol adversário, Paulo Sousa apontou que essa relação com os torcedores é uma via de mão dupla, mas que em uma hora eles o amam, e na outra não.

"A torcida é muito passional, sabemos que as coisas acontecem há anos com treinadores e jogadores. Conforme ganhamos, te idolatram, metem-lhe lá em cima. E outras vezes te criticam. Isso faz parte do nosso dia a dia. E são eles que acabam por ter sempre a razão porque são eles que estão no estádio e querem ver as suas coisas, mas a paixão deles os levam a ser diferentes hoje e amanhã", contou.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!