Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / CRIME!

Paulinho, do Atlético-MG, é alvo de intolerância religiosa

Camisa 10 do Atlético-MG, Paulinho sofreu comentários preconceituosos nas redes sociais após marcar um gol na vitória sobre o Flamengo, no Maracanã

Redação Publicado em 29/11/2023, às 22h13 - Atualizado em 30/11/2023, às 11h02

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Paulinho - Getty Images
Paulinho - Getty Images

Autor do primeiro gol do Atlético-MG contra o Flamengo, no Maracanã, nesta quarta-feira, 29, o atacante Paulinho foi vítima de intolerância religiosa nas redes sociais. Ataques foram registrados no Instagram, em uma foto na qual o jogador pede silêncio durante comemoração. Seguidor do Candomblé, não foi a primeira vez que o jogador do Galo foi atacado por conta de sua religião.

“Ganhou o q esse macumbeiro?”, disparou um internauta intolerante. “Se f... esse macumbeiro”, comentou outro. Vale lembrar que a intolerância religiosa é crime. 

Convocado pelo técnico Fernando Diniz para a última Data Fifa do ano da Seleção Brasileira, Paulinho também sofreu com intolerância religiosa durante o jogo contra a Colômbia, fora de casa. O atacante usou as redes sociais para agradecer a Exu, um dos principais Orixás do Candomblé.

Nunca foi sorte, sempre foi Exu”, escreveu Paulinho.

“Os comentários negativos sempre têm nas minhas redes sociais, mas não é algo que eu fico me apegando. Quem quiser continuar mandando energias ruins pra mim, a mim não vai afetar, eu sigo blindado e focado naquilo que eu quero”, disse em uma entrevista coletiva após a convocação.

“Mas é algo que eu sempre vou estar lutando, usando meu nome e o meu poder de fala pra estar lutando contra esse tipo de preconceito que não tem cabimento nos dias de hoje”, completou o atacante.


Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!