Sportbuzz
Testeira
Futebol / CALMA, PROFETA!

Para esfriar a cabeça, Hernanes vira cooler, leva amarelo, e bronca do técnico do Sport

Hernanes quis protestar contra a arbitragem, acabou sendo advertido, mas divertiu os espectadores

Redação Publicado em 07/10/2021, às 08h05

Hernanes, jogador do Sport durante entrevista coletiva - Transmissão TV Sport Recife
Hernanes, jogador do Sport durante entrevista coletiva - Transmissão TV Sport Recife

Na noite desta quarta-feira, 6, na vitória do Sport por 3 a 1 diante do Juventude, Hernanes protagonizou uma cena no mínimo curiosa. Acontece que o meia achou uma forma diferente de protestar contra a arbitragem.

Fora de campo, ele se levantou, e virou o cooler com as águas e isotônicos sobre ele mesmo para "esfriar a cabeça". Apesar de ter divertido quem estava acompanhando a partida, o resultado para ele foi um cartão amarelo, e uma bronca do técnico Gustavo Florentín.

Quando isso aconteceu, Hernanes já tinha sido substituído, no momento em que o Sport estava vencendo por 3 a 1. Nesta mesma temporada, há algumas rodadas, ele levou um amarelo ao deixar a bola e empurrar jogador adversário, também em protesto contra o juiz.

Mas antes disso, contra o Athletico, na Arena da Baixada, ele foi expulso depois de reclamar, e fez menção de chutar a bola em cima do árbitro, mas foi contido pelos companheiros de time. 

O jogo

O Sport foi preciso contra o Juventude e conseguiu a sua segunda vitória consecutiva no Brasileirão.

Com grande atuação de José Welison, o Leão fez um placar de 3 a 1 contra os rivais gaúchos, dimunuiu a diferença para os rivais na zona de rebaixamento e ultrapassou o Bahia no Z-4 do campeonato. 

Apesar de não ter muito a posse de bola, o Sport soube explorar jogadas pelos lados durante todo o jogo e conseguiu sair vitorioso contra o Juventude.

Na primeira etapa abriu o placar com José Welison, que desviou o cruzamento de Everaldo. No segundo tempo, Mikael e Chico deram números finais ao jogo. 

Primeiro tempo

O Juventude teve o controle durante boa parte do primeiro tempo, não deu muitos espaços para o Sport, mas foram os donos da casa que abriram o placar.

O Leão aproveitou para se defender no ataque e tentou sair em velocidade para pegar os gaúchos de surpresa. Desta forma, Everaldo cruzou na cabeça de José Welison que fez 1 a 0 na Arena Pernambuco. 

O começo da partida entre os dois times foi de um domínio considerável do Juventude. Mesmo jogando fora de casa, a equipe gaúcha tentou assumir o protagonismo do confronto e ofereceu perigo para a meta de Mailson.

Mesmo não criando grandes chances, Castillo, Capixaba e Michel tentaram oferecer perigo para a meta do Sport, que buscou sair nos contra-ataques.

O Juventude seguiu tendo as melhores oportunidades. Capixaba bateu uma falta com perigo e Mikael colocou contra a própria meta. A bola passou perto da meta de Mailson, que não precisou fazer uma grande defesa, porém levou um grande susto na Arena Pernambuco. 

A primeira grande chegada do Sport e que assustou o Juventude foi com Hernanes. O meio-campista aproveitou um rebote na entrada da área e bateu forte. A bola passou perto da meta de Douglas, que estava no lance caso precisasse fazer uma defesa. 

Apesar do Juventude ter criado as melhores oportunidades, foi o Sport quem conseguiu abrir o placar na Arena Pernambuco. Numa ótima jogada de Everaldo, o atacante colocou na cabeça de José Welison, que desviou de cabeça, matou o goleiro Douglas e morreu no fundo das redes. 

Segundo tempo

O Sport voltou cheio de confiança para o segundo tempo e não deu chances para o Juventude. A equipe conseguiu fazer mais dois gols na partida e conquistou uma vitória importante para  sequência da equipe na temporada. 

Logo de cara, aos três minutos, o Sport tratou de abrir uma boa vantagem no placar diante do Juventude. Zé Welison fez grande jogada individual, invadiu a área e cruzou rasteiro para dentro da área.

Mikael se antecipou a zaga rival e apenas tocou para o fundo das redes. 2 a 0 e Leão em boa vantagem na Arena Pernambuco. 

O Sport seguiu pressionando o Juventude, criou grandes chances com Mikael e Everaldo, o último acertou a trave por sinal. Enquanto isso, os rivais gaúchos carimbaram o travessão com Paulinho Bóia. Mas quem realmente foi as redes mais uma vez foram os donos da casa com Chico. 

Numa cobrança de falta, Sander colocou a bola na cabeça de Chico, que tinha acabado de entrar. O zagueiro cabeceou e marcou o terceiro gol do Sport na partida. 3 a 0 e a torcida do Leão fez a festa na Arena Pernambuco.

No final da partida, Chico derrubou Michel dentro da área e o árbitro marcou uma penalidade. Paulinho Bóia foi para a bola, bateu com tranquilidade e diminuiu a diferença no placar. 3 a 1. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!