Sportbuzz
Testeira
Futebol / LAMENTÁVEL!

Palmeiras: torcedores denunciam caso de racismo durante vitória

Palmeiras encarou o Emelec na noite desta quarta-feira, 27, fora de casa e os torcedores denunciaram as falas racistas da torcida mandante durante o jogo

Redação Publicado em 28/04/2022, às 06h58

Palmeiras denuncia caso de racismo em jogo da Libertadores - Reprodução/Twitter
Palmeiras denuncia caso de racismo em jogo da Libertadores - Reprodução/Twitter

O Palmeiras venceu o Emelec fora de casa na noite desta quarta-feira, 27, por 3 a 1 e conseguiu se manter bem na disputa da Libertadores. No entanto, fora dos gramados mais uma cena lamentável de racismo aconteceu nas arquibancadas e foi registrada pelos torcedores brasileiros que estavam presente no estádio George Capwell, em Guayaquil, no Equador.

As cenas do caso de racismo foram compartilhadas pelo perfil "Herança da história", ligado à Mancha Verde, principal organizada do Palmeiras no "Twitter" e em poucos minutos viralizou nas redes sociais. No vídeo, um torcedor do Emelec claramente chama os brasileiros presentes na área de visitantes de "Macaco! Macaco! Vocês são todos macacos".

 

Canal - SportBuzz

Algumas horas depois do acontecido, o Palmeiras utilizou suas redes sociais para lamentar e se solidarizar com os torcedores que foram vítimas de injúria racial. O clube Alviverde ainda ressalta que é inaceitável que no ambiente de futebol, e principalmente no mundo em que vivemos hoje, ainda haja pessoas como estas.

"A Sociedade Esportiva Palmeiras se solidariza com os seus torcedores que foram vítimas de ofensas racistas durante o jogo disputado nesta quarta-feira em Guayaquil, no Equador", iniciou o clube em seu comunicado publicado nas redes sociais antes de completar com o pedido de justiça pelas autoridades do Equador e também do clube.

Palmeiras comemorando em campo na partida contra o Emelec na Libertadores
Palmeiras comemorando em campo na partida contra o Emelec na Libertadores (Crédito: GettyImages)

 

"É inaceitável que no ambiente do futebol ainda tenhamos de manifestações com manifestações tão rasteiras. Lamentamos profundamente esse episódio e esperamos que como autoridades competentes tomem as devidas providências para que as cenas não mais se repitam. Basta!", escreveu o Palmeiras sobre o caso na Libertadores.

Diferentemente da equipe brasileira, que foi até suas redes sociais expor o caso e lamentar o ocorrido, o Emelec, time do torcedor que cometeu o ato racista, até o momento da publicação desta matéria, não se pronunciou em nenhum de seus canais oficiais sobre o assunto, assim como a Conmebol, entidade responsável pela Libertadores. 

Caso se repetindo

Vale lembrar, que o mesmo caso lamentável aconteceu nesta terça-feira, 26, na partida entre Corinthians e Boca Juniors, também pela Libertadores. Na oportunidade, um torcedor do time argentino imitou os gestos de um macaco em direção aos torcedores Alvinegros. Imediatamente ele foi levado pela polícia do estádio para a delegacia e posteriormente foi preso.

No entanto, apesar de ter sido detido, ele teve o direito de pagar a fiança de R$ 3 mil por ter sido enquadrado no crime de injúria racial, e por conta disso foi liberado para voltar para a Argentina ainda na manhã de quarta-feira. Depois que chegou em seu país, ele ironizou o acontecido. O Boca Juniors também não se pronunciou sobre o assunto desde o acontecido.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!