Sportbuzz
Testeira
Futebol / RECOPA!

Palmeiras arranca empate contra Athletico-PR na Recopa

No primeiro jogo da Recopa, o Athletico-PR e Palmeiras ficaram no empate e deixaram a decisão para o Allianz Parque; veja como foi!

Redação Publicado em 23/02/2022, às 23h31

Athletico-PR e Palmeiras fizeram um grande jogo na Recopa - GettyImages
Athletico-PR e Palmeiras fizeram um grande jogo na Recopa - GettyImages

Athletico-PR e Palmeiras fizeram uma final de Recopa equilibrada nesta quarta-feira, 23, na Arena da Baixada. Com um golaço de Marlos, o Furacão ficou na frente do Verdão até o último minuto, quando Wesley foi derrubado na área. Raphael Veiga foi para a cobrança, acionou a lei do ex e colocou o 2 a 2 no placar da partida. 

Com o placar de 2 a 2, o Athletico-PR conseguiu uma vantagem de um gol de diferença para a partida de volta da Recopa. O Furacão saiu na frente do placar com Terans e na sequência o Palmeiras arrancou o empate com Jailson. No segundo tempo, Marlos acertou um lindo chute e colocou os rubro-negros na frente, porém, no último lance, Raphael Veiga cobrou a penalidade e deixou tudo igual. 

CANAL - SPORTBUZZ:

O primeiro tempo foi agitado na Arena da Baixada. Os dois times tiveram grandes chances para sair na frente do placar, mas quem conseguiu fazer o primeiro foi o Athletico-PR. Num jogo duro, disputado no meio de campo, as duas equipes não deixaram de tentar a vitória e o Palmeiras, mesmo atrás do placar, buscou o empate e deixou o jogo ainda mais quente. 

O Athletico-PR começou a partida jogando mais no ataque e prejudicando a saída de bola do Verdão. Numa das pressões, o Furacão conseguiu um cruzamento e a bola caiu nos pés da David Terans. O uruguaio apenas complementou para o fundo das redes e fez 1 a 0. O lance foi polêmico e revisado durante um bom tempo, mas o tento foi validado. 

A alegria do Athletico-PR diante do Palmeiras não durou muito. Depois de sofrer o gol, o time de Abel Ferreira saiu mais para o jogo e conseguiu um escanteio. Na cobrança, a bola caiu nos pés de Dudu, que deu uma canelada e o rebote ficou para Jailson. O volante bateu de primeira e deixou tudo igual na final da Recopa. 1 a 1. 

Jailson em ação
Jailson comemorando o gol de empate do Palmeiras na final da Recopa contra o Athletic-PR (Crédito: GettyImages)

Depois de um primeiro tempo agitado, com dois gols e uma bola na trave de Rony, a etapa final da decisão entre Palmeiras e Athletico-PR foi pegada e com poucas chances de gol. O Verdão tentou ter mais a posse de bola e encurralar os rivais em seu campo de defesa, enquanto o Furacão buscou os contra-ataques para surpreender e ficar na frente do placar novamente. 

Umas das melhores oportunidades do segundo tempo surgiram dos pés de Erick. Numa boa jogada pela esquerda, o volante invadiu a área e tentou o toque de primeira. Weverton estava atento e fez um milagre na Arena da Baixada. Depois de um início com mais posse para o Palmeiras, o Athletico-PR começou a ter mais o controle do jogo e foi em busca do seu gol. 

A pressão do Furacão funcionou e não demorou muito para que o time da casa conseguisse o 2 a 1. Raphael Veiga saiu jogando errado, Marlos roubou a bola, cortou o zagueiro e encheu o pé. O meia acertou uma linda finalização e morreu no fundo das redes. Athletico-PR em vantagem na final da Recopa. 

Depois de sofrer o gol, o Palmeiras se lançou ao ataque e viu Santos fazer uma grande defesa na finalização da Raphael Veiga. Enquanto isso, em outra oportunidade, Gabriel Veron ficou cara a cara com o goleiro do Athletico-PR, mas finalizou para fora.

Quando tudo parecia perdido para o Palmeiras, Marcinho derrubou Wesley na área e o árbitro marcou a penalidade. Raphael Veiga pegou a bola para bater e cobrou com tranquilidade para deixar tudo igual. Desta forma, o confronto ficou encerrado no 2 a 2 e tudo ficou aberto para o jogo da volta no Allianz.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!