Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO!

Palmeiras: Abel Ferreira detona VAR e celebra vitória contra Ceará

Abel Ferreira revelou que Palmeiras tem que se impor contra adversários do mesmo nível ou abaixo

Redação Publicado em 21/10/2021, às 07h28 - Atualizado às 07h42

Palmeiras venceu o Ceará e Abel Ferreira saiu na bronca com o VAR - Cesar Greco / Palmeiras
Palmeiras venceu o Ceará e Abel Ferreira saiu na bronca com o VAR - Cesar Greco / Palmeiras

Em rodada atrasada do Brasileirão, o Palmeiras entrou em campo contra o Ceará na última quarta-feira, 20, e saiu da Arena Castelão com uma vitória de 2 a 1. Depois da partida, Abel Ferreira concedeu uma entrevista coletiva e comentou sobre a atuação do VAR e também do seu time durante os 90 minutos de jogo. 

 

Começando pelo árbitro de vídeo, o treinador do Palmeiras ficou incomodado e justificou o motivo de seus questionamentos. Abel Ferreira não ficou muito feliz com a anulação do que seria o terceiro gol do Verdão, marcado por Gabriel Veron. Na oportunidade, o jogo estava no final e o atacante colocou a bola no fundo das redes, porém o VAR anulou por impedimento na jogada. 

"Sofremos um gol que não devíamos, mas tivemos força mental para continuar focados e até fazer o gol. E no meu ponto de vista o gol foi legal. Quero fazer duas perguntas. Por que em determinados jogos há linhas e em outros não há? E quando a imagem para, é quando o Scarpa toca na bola ou quando sai do pé dele? Queria esclarecer isso. Para mim, o gol é legal", questionou. 

Mesmo com as reclamações, o treinador do Palmeiras também celebrou a vitória do seu time diante do Ceará. Abel Ferreira ficou feliz com o futebol apresentado, mas deixou claro que quer esse tipo de postura em todos os jogos. O técnico português explicou que esse tipo de atuação também depende de seus atletas. 

"Volto a dizer, o jogo pertence aos jogadores. O treinador dá coordenadas, mas o jogo pertence aos jogadores. E eu peço desde que cheguei que tenham coragem. Quando nosso adversário for do mesmo nível ou mais fraco, temos a obrigação de impor nosso jogo. O jogador tem que usar o GPS que está dentro da cabeça deles, cada um deles tem um jogo dentro da cabeça. E é isso que eu quero, que assumam como fizeram hoje", analisou. 

Abel Ferreira ainda seguiu elogiando o Palmeiras: "Agradou que o Palmeiras tenha ganho aqui 24 anos depois procurando jogar bem, ser equilibrado, não abdicar daquilo que meus jogadores sabem fazer, que é jogar futebol, não abdicar da bola quando o adversário não é melhor, ter coragem para jogar e arriscar".

"Independentemente dos jogos passados ou futuros, o jogo pertence aos jogadores. Os treinadores criam organização, mas quem joga, quem são os protagonistas são os jogadores. Nós somos uma equipe equilibrada, gostamos de defender e atacar bem, mas não sou um mágico. Quando temos o elenco todo disponível somos uma equipe muito forte, altamente competitiva", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!