Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO!

Pablo perde gol inacreditável e Red Bull Bragantino vence São Paulo no Brasileirão

Derrota para o Red Bull Bragantino foi a primeira de Rogério Ceni no retorno ao São Paulo

Redação Publicado em 24/10/2021, às 19h32 - Atualizado às 20h12

Red Bull Bragantino venceu o São Paulo no Brasileirão - GettyImages
Red Bull Bragantino venceu o São Paulo no Brasileirão - GettyImages

Neste domingo, 24, o Red Bull Bragantino recebeu o São Paulo e venceu mais uma no Brasileirão. Numa partida agitada, o Massa Bruta conseguiu marcar com Luan Cândido e impôs a primeira derrota de Rogério Ceni em seu retorno ao Tricolor. O placar de 1 a 0, colocou o Braga ainda mais próximo do G-4. Equipe chegou aos 46 pontos no campeonato. 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

O Red Bull Bragantino jogou no campo do São Paulo durante todo o primeiro tempo, porém pouco fez no ataque. Enquanto isso, o time de Rogério Ceni foi mais perigoso e, nas vezes em que chegaram para finalizar, fizeram Cleiton trabalhar. Mesmo com um primeiro tempo agitado, as duas equipes não conseguiram tirar o 0 a 0 do placar. 

Logo aos dois minutos de jogo, Artur achou Helinho e o atacante partiu para cima dos rivais. O jogador foi bem na jogada individual, cortou para o meio e arriscou uma bomba. Volpi estava atento e colocou a bola para a linha de fundo. Antes desse lance, o São Paulo chegou com Igor Gomes, porém Cleiton estave esperto e não foi surpreendido pelo meia. 

A melhor oportunidade da partida caiu nos pés de Pablo. No lance, Igor Gomes lançou Luciano e o atacante conseguiu driblar o goleiro. A bola sobrou nos pés do centroavante do São Paulo, que com o gol livre, dentro da pequena área, isolou. Rogério Ceni parecia não acreditar na oportunidade perdida pelo Tricolor. 

O Red Bull Bragantino respondeu em ótimas chegadas com Helinho e Pedrinho. Os dois ficaram em ótimas condições para finalizar, porém Volpi estava bem posicionado em ambas as chances e defendeu sem problemas. O São Paulo respondeu as investidas do Massa Bruta com uma cabeçada de Sara, que acabou indo para fora. 

Aos 37 minutos, numa jogada pela direita, o Red Bull Bragantino teve a sua melhor chance até aquele momento do jogo. Helinho aproveitou o cruzamento para área, ganhou de Orejuela e cabeceou firme contra a meta do São Paulo, porém Volpi se esticou todo e defendeu. 

No final da etapa inicial, Gabriel Sara deu trabalho em dois lances. No primeiro, o jovem fez grande jogada individual, invadiu a área, ajeitou para a esquerda e bateu firme, porém Cleiton defendeu. Um minutos depois, Pablo ajeitou para o meio-campista dentro da área e ele pegou firma, mas Lucas Cândido apareceu e tirou em cima da linha. 

E O SEGUNDO TEMPO?

Na etapa inicial, o São Paulo teve muitas dificuldades diante do Red Bull Bragantino. O Massa Bruta voltou determinado para vencer a partida e encurralou o Tricolor em seu campo de defesa. Utilizando muitas jogadas com Cuello e Helinho, os mandantes também tentaram explorar jogadas em bola parada. 

Logo aos quatro minutos, numa cobrança de falta, Luan Cândido antecipou a marcação e carimbou a trave. No rebote o lateral esquerdo conseguiu concluir e colocou a bola no fundo das redes. No entanto, o VAR flagrou um impedimento do garoto e o tento foi anulado. 

O lance parecia ser um presságio para o que viria alguns minutos depois. Numa cobrança de escanteio, Luan Cândido ganhou de Miranda na disputa aérea e acertou um lindo cabeceio contra a meta de Volpi. O goleiro tentou se esticar todo, mas viu a bola morrer no fundo do gol. 1  a 0 para o Red Bull Bragantino. 

O São Paulo sentiu o gol marcado pelo Massa Bruta e não ofereceu muitos perigos. Os mandantes chegaram bem em jogadas com Helinho, Artur e Cuello. O primeiro parou em Volpi, o segundo chutou para fora e o terceiro fez uma grande jogada, ajeitou para o meio, finalizou colocado, porém a bola carimbou a trave e saiu. 

Com muitas dificuldades no jogo, o São Paulo melhorou com a entrada de Marquinhos. O garoto fez diversas jogadas individuais e, numa delas, conseguiu levar até a linha de fundo e cruzar para trás. Vitor Bueno conseguiu desviar com o pé, mas Cleiton estava atendo e fez uma grande defesa. 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!