Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Organizada do São Paulo dispara: "Rebaixamento moral já veio"

Torcida organizada do São Paulo não gostou nada da nova derrota do time, para o Grêmio no Brasileirão, que reacendeu o alerta para o risco de chegar ao Z4

Redação Publicado em 03/12/2021, às 11h19

Jogadores do São Paulo reunidos antes da partida contra o Grêmio pelo Brasileirão - Rubens Chiri / saopaulofc.net / Flickr
Jogadores do São Paulo reunidos antes da partida contra o Grêmio pelo Brasileirão - Rubens Chiri / saopaulofc.net / Flickr

A atuação do elenco do São Paulo na derrota por 3 a 0 para o Grêmio, na noite desta quinta-feira, 2, pelo Brasileirão rendeu muitas críticas não só dos jogadores, como também da torcida. Com uma atuação totalmente dominante da equipe gaúcha, os paulistas tiveram um dos piores desempenhos da temporada, logo na reta final da competição.

Chegando com uma escalação diferente da que é geralmente utilizada por Rogério Ceni, com Gabriel Sara e Igor Gomes invertidos nas alas, o São Paulo ficou praticamente o tempo todo apagado, e não conseguiu levar perigo em nenhum momento para o gol adversário. Para se ter ideia, o Tricolor paulista conseguiu finalizar somente cinco vezes durante todos os 90 minutos.

Canal - SportBuzz

As consequências vieram logo depois do apito afinal. Em entrevista ainda no gramado, Calleri desaprovou a atuação da equipe, pedindo desculpas ao torcedor. Na sequência, a "Independente", principal torcida organizada do clube paulista foi até as redes sociais protestar, fazendo referência a possibilidade de rebaixamento da equipe na competição nacional.

"Foi uma vergonha para nós, para os torcedores que vieram. Vamos deixar tudo no próximo jogo. Não fizemos nada do que trabalhamos hoje", disse o atacante do São Paulo, pedindo desculpas para a torcida por conta de mais um resultado ruim neste Brasileirão, que já está quase chegando ao fim.

Calleri, jogador do São Paulo em entrevista pedindo desculpas pela atuação da equipe (Crédito: Transmissão/SporTV)

 

"O rebaixamento moral já veio. Vocês não são digno (sic) de vestir a nossa camisa. Provamos que no pior momento estaríamos juntos e vocês não foram capazes. Serão 1.200 km até a capital. Ódio e revolta. Covardes", escreveu a torcida.

Buscando se redimir com a torcida, o São Paulo tem mais dois compromissos nesta temporada, contra o Juventude, na segunda-feira da semana que vem, dia 6, às 19h (horário de Brasília), no estádio do Morumbi. Na sequência, pela última rodada do Brasileirão encara o América-MG, fora de casa, no dia 09 de dezembro, uma quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília).


 

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!