Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » RECORDAR É VIVER!

Neymar Jr ressalta importância da Libertadores na sua formação como jogador: “Ganhando cada vez mais experiência”

Craque revelou algumas lembranças da partida de ida da final contra o Peñarol, em 2011, quando empataram por 0x0

Pedro Ungheria Publicado em 22/06/2020, às 11h21 - Atualizado às 11h31

Neymar Jr relembra finalíssima da Copa Libertadores de 2011!
Neymar Jr relembra finalíssima da Copa Libertadores de 2011! - Divulgação Neymar Jr.com

Nesta segunda-feira, 22, Neymar Jr e todos os outros torcedores do Santos FC possuem motivos de sobra para comemorar os nove anos da conquista da Libertadores da América de 2011. No mesmo dia, só que há nove anos, o jovem camisa 11 e Paulo Henrique Ganso comandavam um dos ataques mais temidos da América do Sul, responsável por dar ao Peixe o tão esperado título da competição.

No último episódio de seu especial ‘Memórias da Libertadores’, o craque fez questão de falar sobre o tricampeonato do Alvinegro Praiano e como que esse título se tornou um dos mais importantes de sua carreira profissional. Para Neymar, o jogador que disputa uma Libertadores possui uma ‘bagagem extra’, o que faz adquirir ainda mais experiências em algumas situações.

“Foi muito importante (ganhar a Libertadores) porque te coloca em adversidades, em jogos difíceis e que você precisa se virar. Tem a pressão da torcida, a pressão durante os jogos contra times argentinos, uruguaios e você tem que sair daquela situação, então você vai ganhando cada vez mais experiência. Por isso, é um dos títulos mais importantes que eu tenho na minha carreira”, revelou Neymar Jr.

Por mais que tenha sido figura carimbada na competição, o camisa 10 do PSG relembrou a angústia de ficar de fora do penúltimo jogo da fase de grupos, contra o Cerro Porteño.

Neymar Jr comemora conquista da Libertadores de 2011 (Divulgação Neymar Jr.com)

 

Porém, ele refletiu isso dentro de campo. Ao todo, foram seis gols, o que lhe deu a vice-artilharia do torneio e o título de ‘Rei da América’, tudo isso aos 19 anos de idade.

Classificando a dificuldade da competição, o astro da Seleção Brasileira não hesitou ao adjetivar a finalíssima contra o Peñarol como o jogo mais difícil. A partida de ida, na casa dos uruguaios, teve uma grande importância em sua formação profissional.

“Foi contra o Peñarol (o jogo mais difícil), o primeiro jogo da final. O clima do estádio estava muito louco. Nós olhávamos do vestiário a torcida e o campo e dava pra ver que a torcida não parava de cantar de pular, então o clima foi tenso. Foi um jogo muito difícil, empatamos lá em 0 a 0 e em casa conseguimos a vitória”, finaliza.


5 itens que todo torcedor do Santos precisa ter!

1- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/32uyv6G

2- Jogo com 2 Baralhos do Santos na Lata - https://amzn.to/2BkYzp7

3- Camisa Umbro Santos 2018 - https://amzn.to/31x4p1n

4- Garrafa do Santos com Canudo Retrátil  - https://amzn.to/31oCIYh

5- Necessaire Santos - https://amzn.to/32EVlbK

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!