Sportbuzz
Testeira
Futebol / BATENDO RECORDES!

Neymar fica a 10 gols de se tornar o maior artilheiro da Seleção Brasileira, ultrapassando Pelé!

Neymar ficou mais perto da marca de Pelé depois de marcar o gol de pênalti contra a Venezuela, na Copa América

Redação Publicado em 14/06/2021, às 07h32

Neymar está perto de passar marca de Pelé na Seleção Brasileira - GettyImages
Neymar está perto de passar marca de Pelé na Seleção Brasileira - GettyImages

E ele continua próximo de bater mais um recorde! Neymar está perto de alcançar a marca de Pelé na artilharia da Seleção Brasileira. Depois de marcar de pênalti, na vitória do Brasil contra a Venezuela, o atacante chegou a 67 gols com a amarelinha, apenas 10 atrás do Rei do Futebol.

Essa conta é baseada nos números da Fifa, já que a CBF tem critérios diferentes e considera jogos contra clubes e combinados. No ranking da Confederação Brasileira de Futebol ainda faltam 28 gols para Neymar igualar Pelé, que marcou 95 em 115 jogos.

Fazendo de pênalti, Neymar aumentou a vantagem do Brasil no Mané Garrincha. Depois de Danilo ter sido derrubado dentro da área, o atacante deslocou o goleiro da Venezuela e cobrou no canto esquerdo, sem chances para o adversário.

Em 2020, Neymar já tinha ultrapassado Ronaldo na briga pela artilharia da Seleção Brasileira nas contas da Fifa. O ex-centroavante balançou as redes 62 vezes em 98 duelos. Nas contas da CBF, eles estão empatados no segundo lugar do ranking de goleadores, ambos com 67 gols.

Já Pelé precisou de menos jogos para marcar mais gols do que ambos os craques. Nos critérios da Fifa, o Rei marcou 77 vezes em 92 compromissos com a amarelinha.

Depois da partida deste domingo, 13, o Brasil volta a campo na quinta-feira, 17, para enfrentar o Peru, às 21h (horário de Brasília).

O jogo

 

Na noite deste domingo, 13, Brasil e Venezuela entraram em campo para disputar a primeira rodada da fase de grupos da Copa América. No grupo B da competição, as seleções brigaram pela vitória no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

E o resultado final confirmou os prognósticos para a partida. Com inúmeros desfalques, a Venezuela não dificultou a vida do Brasil, que venceu de maneira tranquila por 3 a 0 na estreia da Copa América.

O primeiro tempo começou e o Brasil logo se impôs na partida. Aos sete minutos, Neymar cobrou escanteio, Richarlison desviou e Gabriel Jesus quase completou para o gol. Aos nove, mais uma chance da equipe canarinha. Contudo, Graterol defendeu o chute do ‘Pombo’.

Melhor na partida, o time de Tite seguia dominando a Venezuela, que tentava superar os 12 desfalques por conta do novo coronavírus. Aos dez, Militão aproveitou cruzamento de Renan Lodi e por pouco não marcou.

Aos 19, mais uma chance do Brasil. Após sobra do escanteio, Danilo finalizou de longe e Graterol fez a defesa. Com toda a pressão, a equipe brasileira logo abriu o placar. Aos 22, Neymar cobrou escanteio, Richarlison desviou e Marquinhos completou. 1 a 0.

Sem forças para reagir, a Venezuela apenas assistia o adversário. Aos 27, Neymar cruzou e Richarlison marcou. Porém, o atacante estava impedido. Gol anulado! Aos 29, o camisa 10 quase deixou o dele.

Após lançamento de Militão, Neymar dominou dentro da área, deu corte seco no zagueiro e finalizou rente à trave. Que chance! Já aos 37, Paquetá recebeu lançamento de Fred e ajeitou para Richarlison, que tentou por cobertura, mas a defesa afastou. 1 a 0. Intervalo!

A segunda etapa teve início e o Brasil voltou determinado para ampliar o marcador. Logo aos dois minutos, Neymar fez boa jogada e cruzou para Richarlison, que cabeceou por cima do gol. Cinco minutos mais tarde, a equipe brasileira quase marcou.

Após boa jogada com Everton Ribeiro, Gabriel Jesus finalizou cruzado. Contudo, Neymar ainda tentou completar, mas não alcançou. Com as ausências dos principais jogadores, a Venezuela se esforçava, mas não conseguia render dentro de campo.

A segunda etapa teve início e o Brasil voltou determinado para ampliar o marcador. Logo aos dois minutos, Neymar fez boa jogada e cruzou para Richarlison, que cabeceou por cima do gol. Cinco minutos mais tarde, a equipe brasileira quase marcou.

Após boa jogada com Everton Ribeiro, Gabriel Jesus finalizou cruzado. Contudo, Neymar ainda tentou completar, mas não alcançou. Com as ausências dos principais jogadores, a Venezuela se esforçava, mas não conseguia render dentro de campo.

Já nos minutos finais, o Brasil diminuiu o ritmo. Contudo, as chances seguiam aparecendo. Aos 35, Casemiro cobrou e Graterol fez defesa tranquila. Dois minutos depois, Neymar tabelou com Gabigol, invadiu a área e finalizou na rede pelo lado de fora.

Em ritmo de treino, a equipe brasileira ainda conseguiu ampliar o marcador. Aos 43 minutos, Neymar fez grande jogada pela esquerda, driblou o goleiro e cruzou para Gabigol, que antecipou a marcação e deu números finais ao duelo. 3 a 0. Fim de papo!


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!