Sportbuzz
Testeira
Futebol / VAI ADIAR?

CBF se pronuncia após invasão de torcedores na Copa do Nordeste e partida entre Náutico e Vasco pode ser adiada; entenda!

CBF pode barrar a realização de todos os jogos, válidos pela entidade, que forem em Pernambuco

Redação Publicado em 22/10/2021, às 08h27

CBF pode adiar jogos em Pernambuco - Getty Images
CBF pode adiar jogos em Pernambuco - Getty Images

Na última quinta-feira, 21, a CBF se posicionou e pode barrar a realização de todos os jogos que forem acontecer em Pernambuco. A única condição para que os jogos aconteçam é o Governo do Estado liberar que tenha policiamento dentro dos estádios.

O posicionamento forte se deu após o jogo entre Santa Cruz e Floresta. Na partida, o Gigante do Arruda acabou eliminado na fase preliminar da Copa do Nordeste e a torcida protagonizou uma invasão generalizada no campo, onde não tinham policiais.

Em entrevista ao "globoesporte.com", Evandro Carvalho, presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), falou sobre o posicionamento da CBF e deixou claro que enviará um documento oficial para o Tribunal de Justiça de Pernambuco solicitando a presença de policiais dentro do gramado.

"A Secretaria de Defesa Social continua com a mesma postura e diz que não vai colocar policiais dentro do quadrilátero de campo e eu já expliquei que esse é o ponto central e crítico da exigência da CBF. Pernambuco é o único estado do Brasil onde a polícia fica na sala de monitoramento e na arquibancada", iniciou.

"Veja qual foi o tempo que a polícia levou para entrar dentro de campo no jogo passado (entre Santa Cruz e Floresta). Não podemos fazer jogo se não tiver 30, 40 homens da polícia dentro de campo. Sem isso não vai ter jogo domingo", esclareceu.

Continuando, Evandro falou sobre a suspensão do jogo e deixou claro que a ausência de policiais é tida como uma falta de condições.

"Se a polícia não tiver dentro de campo domingo, suspende o jogo por falta de condições. Já foi uma temeridade fazer o outro (Santa Cruz x Floresta) e veja o que aconteceu. O árbitro não terá como dar o jogo domingo sem policiamento dentro de campo. Por isso nós vamos entrar com um mandado de segurança nesta sexta-feira para buscar uma decisão judicial que obrigue a polícia militar a ficar dentro de campo", falou.

Essa condição é válida para todos os clubes que mandam jogos no Estado em qualquer um dos campeonatos que são organizados pela CBF.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!