Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » CASO DE JUSTIÇA

"Não matei o Daniel, fui vítima dele", diz Cristiana Brittes sobre caso do goleiro do São Paulo

Uma das protagonistas do caso quebrou o silêncio e revelou detalhes sobre a noite do crime

Isabelly Cristaldo Publicado em 10/03/2020, às 10h37

Caso Daniel Corrêa chocou o país
Caso Daniel Corrêa chocou o país - Transmissão / ESPN

Uma das protagonistas do Caso do goleiro Daniel Corrêa, Cristiana Brittes, quebrou o silêncio e resolveu falar mais detalhes sobre a noite do crime.

Em entrevista ao SBT, Brittes nega qualquer participação no assassinato do atleta e afirmou ter sofrido importunações sexuais por parte de Daniel.

"Quero deixar bem claro que eu não agredi, não bati, não matei o Daniel. Não participei de nada. Fui vítima do Daniel. Fui a primeira vítima daquela noite. Fui Importunada sexualmente, ele veio sem ser convidado, entrou no meu quarto, tirou as calças, subiu na cama e me importunou sexualmente.”

Ela continuou, alegando que sua prisão foi injusta:

“Eu fui presa sem ser encostado nele. Ele, Daniel, estava em cima de mim, pegando nos meus seios, de cueca, com o pênis de fora, se esfregando em mim. Neste momento eu não entendendo que estava acontecendo. Dia eu gritei e pedi socorro e depois não sei mais descrever mais o que aconteceu".

Cris também disse que nunca quis saber detalhes do crime, no qual seu marido, Edson Brittes, é o assassino confesso.

"Muito triste, procuro não pensar que meu marido, pais das milhas filhas fizesse isso, tomado por raiva, por ódio, mas procuro não pensar, nunca quis saber como foi e nem quero saber", completou.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!