Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO!

Com show de Nacho, Atlético-MG vira para cima do Santos e segue líder do Brasileirão

Nacho deu uma assistência, marcou dois gols e conduziu o Atlético-MG a vitória no Brasileirão

Redação Publicado em 13/10/2021, às 18h50 - Atualizado às 20h57

Atlético-MG conseguiu virada para cima do Santos no Brasileirão - Atlético-MG/Flickr
Atlético-MG conseguiu virada para cima do Santos no Brasileirão - Atlético-MG/Flickr

Nesta quarta-feira, 13, ocorreu a redenção de Nacho com a camisa do Atlético-MG. Numa partida difícil para o Galo, o argentino entrou com a equipe perdendo por 1 a 0 para o Santos, mas acabou mudando todo o panorama do confronto e foi decisivo para a virada alvinegra. O meia fez dois gols e ainda colocou a bola na cabeça de Nathan Silva para a vitória de 3 a 1. 

E O PRIMEIRO TEMPO? 

Atlético-MG e Santos fizeram um primeiro tempo de muito equilíbrio no estádio do Mineirão. Durante boa parte do confronto, principalmente nos 20 minutos iniciais, ambos os times não criaram grandes chances de gol. Os donos da casa tiveram mais posse de bola, enquanto os visitantes optaram por explorar contra-ataques e jogadas de bola aérea. 

Inclusive, a primeira tentativa e que levou alguma emoção para o jogo foi justamente numa cobrança de escanteio. O Santos teve a oportunidade de colocar a bola na área, Marinho bateu fechado e surpreendeu Éverson. O goleiro do Atlético-MG teve que retomar a posição e conseguiu evitar o que poderia ter sido um gol olímpico. 

Em meio a uma etapa inicial mais pegada e com poucas chances de gol, Éverson voltou a ser protagonista, mas num lance que chocou todos. O goleiro do Atlético-MG teve um choque feio com Raniel e levou a pior. Mesmo assim, depois de alguns minutos, o arqueiro se recuperou do choque e voltou a campo normalmente. 

Após esse lance, a partida entre Atlético-MG e Santos começou a ganhar um novo ritmo. O Galo, que até aquele momento do jogo ainda não tinha oferecido perigo, abriu o placar com Diego Costa. O centroavante aproveitou o vacilo da zaga, recebeu de Zaracho e deu de cobertura em João Paulo, porém o jogador estava impedido e o tento foi corretamente anulado. 

Um minuto depois, o Atlético-MG voltou a assustar o Santos e obrigou o goleiro rival a fazer grande defesa. Allan pegou de fora da área e arriscou uma bomba, João Paulo estava atento no lance e evitou o que poderia ter sido o primeiro gol da partida. 

E O SEGUNDO TEMPO?

O cenário do segundo tempo foi bem diferente do que o do primeiro. Para a etapa final, Cuca teve de mudar o Galo, pois perdeu Diego Costa. O atacante saiu lesionado e estava bem na partida. O time alvinegro não se adaptou bem a essas mudanças e o Peixe acabou aproveitando para abrir o placar antes dos cinco minutos. 

Lucas Braga fez grande jogada individual e tocou para Raniel. O centroavante recebeu de costas para o gol, teve espaço para girar e chutou no contrapé de Éverson. O goleiro tentou chegar na bola, porém ela foi rasteira e indefensável para o goleiro do Atlético-MG, que viu o Santos fazer 1 a 0 e se fechar no seu campo de defesa. 

Depois de abrir o placar, o Santos acabou recuando demais e o Atlético-MG começou a se encontrar na partida. Numa cobrança de escanteio, Calebe antecipou a marcação e desviu de cabeça, mas João Paulo operou um milagre. Em seguida, a defesa do Peixe afastou para a lateral, porém o VAR entrou em ação. 

Enquanto a torcida e os jogadores do Galo reclamavam que a bola havia entrado, o árbitro de vídeo viu um pênalti de Lucas Braga em Calebe. Sem Hulk ou Diego Costa na partida, Nacho foi para cobrança, tirou de João Paulo e deixou tudo igual no estádio do Mineirão. 1 a 1 e Atlético buscando a virada em Belo Horizonte. 

Precisamente no lance seguinte, quase que o Santos jogou um balde de água fria na torcida e nos jogadores do Atlético. Marinho cobrou falta e colocou a bola na cabeça de Zanocelo. O meio-campista antecipo a marcação e cabeceou firme contra a meta de Éverson. A bola carimbou o travessão e saiu pela linha de fundo para alívio dos mineiros. 

O jogo continuou quente e, numa bola parada, o Atlético-MG conseguiu a virada. Numa batida perfeita de Nacho, o argentino colocou a bola na cabeça de Nathan Silva e o zagueiro cabeceou com muita qualidade para fazer 2 a 1 e deixar o Santos ainda mais para trás na tabela de classificação do Brasileirão. 

Em seguida, em outra jogada de ataque do Galo, Velazquez fez pênalti em Calebe. Nacho foi para a cobrança e fez o terceiro do Atlético no jogo. O argentino ainda viu João Paulo defender, porém no rebote ele cabeceou e deu os três pontos para os mineiros numa grande virada para cima do Santos. 

PRÓXIMO JOGOS!

  • Atlético-GO x Atlético-MG - 17/10/2021 - às 18h15
  • Sport x Santos - 17/10/2021 - às 20h30

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!