Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » SUPERCOPA DA FRANÇA

Na volta de Neymar, PSG bate o Olympique de Marselha e conquista a Supercopa da França

Neymar e Icardi marcam, e garantem a primeira taça de 2021 ao time de Mauricio Pochettino

Redação Publicado em 13/01/2021, às 18h55 - Atualizado às 18h57

PSG bate o Olympique de Marselha e conquista a Supercopa da França
PSG bate o Olympique de Marselha e conquista a Supercopa da França - Getty Images

O Paris Saint-Germain venceu o Olympique de Marselha por 2 a 1 nesta quarta-feira, 13, em Lens, e faturou o título da Supercopa da França. A partida marcou o retorno de Neymar Jr aos gramados após um mês se recuperando de lesão. 

Icardi abriu o placar e Neymar (de pênalti) ampliou, garantindo o primeiro troféu de 2021 ao time comandado por Mauricio Pochettino. No fim, Payet descontou para os visitantes. 

O PSG foi superior o primeiro tempo e, além do gol, Icardi mandou uma bola no travessão e teve gol anulado. Mbappé também chegou a balançar a rede, mas estava em situação de impedimento no lance. Sem muitas chances, o Olympique de Marselha não ofereceu perigo a Keylor Navas.

Icardi teve a primeira oportunidade de abrir o placar aos 18 minutos do primeiro tempo, quando subiu com perigo para completar o cruzamento na área. O atacante mandou à esquerda do goleiro Mandanda, bem perto da trave.

Aos 22, o argentino teve um gol anulado por impedimento. Oito minutos depois, foi a vez de Mbappé não ter o tento validado após o VAR revisar e confirmar o jogador mais avançado na origem do lance.

Icardi abriu o placar mesmo aos 39 minutos da primeira etapa. Depois de uma boa defesa de Mandanda, o atacante aproveitou o rebote e mandou para o fundo da rede. Livre na área, o camisa 9 ainda mandou uma bola no travessão, quase ampliando o placar.

Aos 39 minutos do segundo tempo, o atacante argentino sofreu falta na área e o VAR confirmou a penalidade. Neymar Jr converteu a cobrança e ampliou para o PSG.

O camisa 10, que voltou a treinar com a bola recentemente após lesão no tornozelo esquerdo, começou a partida no banco de reservas. A última vez que o brasileiro jogou foi em 13 de dezembro, na derrota para o Lyon. Pela primeira vez jogando sob o comando do técnico argentino, ele entrou aos 20 minutos do segundo tempo como substituto de Di María

Cinco minutos depois, o Olympique descontou com Payet. O atacante recebeu passe em profundidade de Thauvin e finalizou dentro da área para agitar o fim da partida, mas não foi o suficiente para evitar a derrota.

O PSG venceu por 2 a 1 e conquistou a Supercopa da França. Com o resultado, o Paris levantou pela oitava vez consecutiva um troféu nacional. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!