Sportbuzz
Testeira
Futebol / LA LIGA!

Na estreia de Xavi, Barcelona supera o Espanyol e ensaia recuperação

Depay converteu a penalidade a favor do Barcelona para fazer 1 a 0 diante do Espanyol na La Liga, e dar uma injeção de ânimo no elenco catalão

Redação Publicado em 20/11/2021, às 18h57

Jogadores do Barcelona comemorando o gol diante do Espanyol pela La Liga - GettyImages
Jogadores do Barcelona comemorando o gol diante do Espanyol pela La Liga - GettyImages

Neste sábado, 20, tivemos a partida entre Barcelona e Espanyol, realizada no Camp Nou. O confronto pela La Liga ganhou mais holofotes por conta da estreia de Xavi como o novo treinador da equipe catalã, substituindo Ronald Koeman, e com a missão de resgatar a confiança dos jogadores, e recuperar o time campeão.

Chegando no confronto, tanto o Barcelona como o Espanyol têm 17 pontos somados na tabela da La Liga. Somente o saldo de gols favorece o time de Xavi para que ele fique em nono lugar. Na estreia, o técnico conseguiu encerrar um jejum de quatro rodadas sem vitória. Hoje, os líderes na 13ª rodada são Sevilla e Real Sociedad, com 28 pontos, seguidos do Real Madrid com 27 e um jogo a menos.

 

Confira como as equipes entraram em campo para a partida, e como foi o jogo:

Escalações

O jogo

Primeiro tempo

Antes do primeiro minuto de bola rolando, aconteceu o primeiro lance do jovem de origem marroquina e nacionalidade espanhola, Ilias Akhomach, que dominou na ponta direita, na intermediária de ataque do Barcelona, dribla o marcador e sofreu a falta.

Com dois minutos, De Jong foi lançado pelo alto, por cima da defesa, cabeceou para trás, e Depay chutou de primeira de fora da área. O goleiro Diego López precisou defender em dois tempos, mas conseguiu evitar o primeiro gol do Barcelona.

Aos 13, Akhomach completou no meio da área cruzamento rasteiro da esquerda depois da jogada bem trabalhada pelo Barcelona. Apesar disso, o chute saiu muito alto, por cima do travessão, diante do goleiro praticamente batido.

Na sequência, mais pressão alta do Barcelona, onde Nico González se antecipou ao passe do goleiro Diego López na área do Espanyol, dominou a bola, mas caiu diante do marcador. Ele pediu pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir. 

No lance seguinte, após um contra-ataque rápido, Depay avançou até a área perseguido por três marcadores. Demorou para decidir o que fazer, chutou e acertou o adversário. No rebote, concluiu de novo e obrigou o goleiro a espalmar a bola.

Com 29 minutos, uma boa jogada de Alba pela esquerda, onde em cruzamento para trás, a bola chegou em Busquets na meia-lua. O volante chutou de primeira, com efeito, no canto, mas o goleiro Diego López estava esperto e defendeu bem. 

Aos 43, Raúl de Tomás se aproveitou de falha de Mingueza, avançou na área do Barcelona pela esquerda e chutou. A bola bateu em Piqué e quase traiu Ter Stegen, mas por sorte saiu raspando o travessão.

Fim do primeiro tempo!

Segundo tempo

Na volta do intervalo, no primeiro minuto de jogo, Depay recebeu um belo passe de Gavi nas costas da zaga e chegou para o chute. Ele tentou limpar a jogada diante do goleiro Diego López e de Cabrera, que deu um carrinho e atingiu o atacante, fazendo com que o árbitro marcasse o pênalti!

Na cobrança, Depay fez o primeiro gol da Era Xavi! Ele bateu no canto esquerdo de Diego López, que caiu para a direita, e a bola foi colocada no fundo do gol!

Depois do gol, aos 15 minutos, e contando com um bom lançamento de Busquets, Ezzalzouli chegou batendo de primeira por cima do goleiro Diego López. Quando Depay chegou para completar para o gol, Pedrosa apareceu para fazer o corte providencial.

Na sequência, Frenkie de Jong recebeu a bola nas costas da zaga e saiu cara a cara com Diego López. Ele bateu por cobertura e estufou as redes, mas o assistente indicou a posição irregular e anulou o segundo gol do Barça.

No lance seguinte, Embarba tentoy a cobrança direta para o gol, mas Ter Stegen estava ligado no lance e conseguiu defender com segurança. Vidal ainda cobrou a falta rapidamente e tentou lançar Raúl de Tomás. Mingueza não conseguiu o corte, e a bola sobrou limpa para o atacante, que bateu na saída de Ter Stegen, mas mandou para fora.

Com 27, Ezzalzouli fez uma bela jogada individual, passou entre dois marcadores e entrou na área. Ele bateu colocado, mas mandou a bola por cima do gol.

Aos 38, Wu Lei recebeu na direita, dentro da área, e fez um cruzamento preciso para Dimata. A zaga do Barcelona vacilou, e o atacante chegou sozinho na pequena área. Ele tentou tirar de Ter Stegen, mas cabeceou para fora.

Dois minutos depois, o Espanyol cresceu. Após cruzamento da esquerda de Morlanes, Raúl de Tomás ganhou no alto de Alba e sozinho, testou firme, e a bola explodiu na trave. Já aos 45, Memphis desceu pela direita em contra-ataque e chutou forte, mas viu o goleiro Diego López fazer uma boa defesa.

Aos 50, após cobrança de escanteio, Raúl de Tomás brigou pela bola na área, e ela ficou viva à frente de Ter Stegen, que mergulhou e conseguiu ficar com a posse.

Fim de jogo!


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!