Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » OPINIÃO

Muricy Ramalho analisa trabalho de Jesualdo Ferreira no Santos e relembra conquista da Libertadores

Profissional entrou para história do clube ao participar da campanha vitoriosa do Peixe no ano de 2011

Guilherme Assumpção Publicado em 19/04/2020, às 13h40

Muricy fez história no comando do Santos
Muricy fez história no comando do Santos - GettyImages

O ex-treinador Muricy Ramalho é um dos nomes mais lembrados pela torcida do Santos em relação aos profissionais mais vitoriosos na história recente do clube. Com a conquista da Libertadores de 2011, o comentarista recebe muito carinho da torcida santista.

Por isso, toda opinião de Muricy é levada em consideração pelos fãs do Peixe. Em entrevista ao jornalista Jorge Nicola, da ESPN, o comentarista analisou o trabalho atual de Jesualdo Ferreira e afirmou que o treinador português não “combina” com o estilo de jogo santista.

“Com esse treinador (Jesualdo), no começo, quando ele deu as primeiras entrevistas, eu já pensei: ‘O Santos trouxe um treinador que não é o que o clube é. O Santos não é isso que ele está falando”. O Santos não é um time equilibrado, é correria, bola na frente e molecada, igual o Sampaoli fazia. Todo mundo na frente. Esse é o Santos. Quando trouxeram ele, já sabia que não era o que o Santos precisava”, opinou Muricy.

Porém, o ídolo do Santos enxerga evolução no desempenho da equipe e uma mudança nas ideias de Jesualdo ao longo do tempo. Para ele, o português precisa de mais tempo à frente do time para mostrar seu valor.

“Ele veio com uma maneira de pensar o jogo, mas o legal é que ele sentiu que não era o que ele esperava. Ele está tentando mudar e fazer o Santos jogar como jogava: com velocidade e no ataque. Ele precisa de mais tempo ainda, chegou há pouco tempo, mas já melhorou bastante nos últimos jogos”, analisou.

Além da análise do Santos atual, Muricy também relembrou a história conquista do Peixe na Libertadores. Quando foi contratado, o time estava em uma situação muito complicada no grupo e a chave da virada aconteceu na partida contra o Cerro Porteño, no Paraguai.

“Eu cheguei, minha estreia era contra o Cerro e a gente não podia nem empatar o jogo que estava fora na fase de grupos. Eu ainda não tinha Neymar, Elano e Zé Love, que estavam suspensos. Armei o time protegido, coloquei o Danilo como meia e ele fez um golaço e armei o esquema para o melhor jogador que eu tinha ali, o Ganso, naquela fase que ele estava. Deixei ele livre e acho que foi o maior jogo dele no Santos. Ele arrebentou com o jogo”, contou Muricy.


5 itens que todo torcedor do Santos precisa ter!

1- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/32uyv6G

2- Jogo com 2 Baralhos do Santos na Lata - https://amzn.to/2BkYzp7

3- Camisa Umbro Santos 2018 - https://amzn.to/31x4p1n

4- Garrafa do Santos com Canudo Retrátil  - https://amzn.to/31oCIYh

5- Necessaire Santos - https://amzn.to/32EVlbK

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!