Sportbuzz
Testeira
Futebol / LUTO

Morre Gerd Müller, ídolo do Bayern de Munique, aos 75 anos

Lenda do futebol alemão, Müller é o maior artilheiro da história da Bundesliga

Redação Publicado em 15/08/2021, às 12h49

Morre Gerd Müller, ídolo do Bayern de Munique, aos 75 anos - Divulgação/ Bayern de Munique
Morre Gerd Müller, ídolo do Bayern de Munique, aos 75 anos - Divulgação/ Bayern de Munique

Ídolo do Bayern de Munique e da Seleção Alemã, o ex-atacante Gerd Müller morreu neste domingo, 15, aos 75 anos de idade. O falecimento do ex-jogador foi divulgado pelo clube alemão. Conhecido como “Der Bomber” (O bombardeiro), o ex-jogador sofria de Alzheimer.

“Hoje é um dia triste e sombrio para o Bayern e todos os seus fãs. Gerd Müller foi o maior atacante de todos os tempos e uma grande personalidade do futebol mundial. Estamos unidos em triste profunda, junto de sua esposa Uschi e sua família. O Bayern não seria o clube que todos amamos hoje sem Gerd Müller. Seu nome e memória viverão para sempre”, disse em comunicado o presidente do Bayern, Herbert Hainer.

 

Com a camisa do Bayern, Gerd marcou 566 gols em 607 jogos oficiais. O ex-atacante é o maior artilheiro da história da Bundesliga, com 365 gols.

Müller conquistou o campeonato nacional em 1968/69, 1971/72, 1972/73 e 1973/74. Ainda conquistou o tricampeonato europeu, entre 1874 e 1976, e um Mundial de Clubes. Pela Seleção Alemã, foram 68 gols em 62 jogos.

“A notícia da morte de Gerd Müller entristece profundamente a todos nós. Ele é uma das maiores lendas da história do Bayern, suas conquistas são incomparáveis até hoje e farão para sempre parte da grande história do Bayern e de todo o futebol alemão. Como jogador e como pessoa, Gerd Müller representa o Bayern e o seu desenvolvimento como um dos maiores clubes do mundo como nenhum outro. Gerd estará para sempre em nossos corações”, disse o ex-goleiro Oliver Khan, atual diretor executivo do Bayern.

Müller começou a carreira no TSV 1861 Nördlingen e depois defendeu o Bayern de Munique por 14 temporadas e meia. Ele encerrou sua carreira nos Estados Unidos, no Fort Lauderdale Strikers. Após a aposentadoria, ele comandou o time B do clube bávaro. Em 2015, o ex-atacante foi diagnosticado com Alzheimer. 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!