Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO SÉRIE B!

Marcelo Cabo exalta postura do Vasco diante do Brusque pelo Brasileirão Série B: "Jogo muito controlado"

Treinador ainda elogiou a atitude dos jogadores do Vasco diante do Brusque, pelo Brasileirão Série B, que entraram com camisas em ação contra homofobia

Redação Publicado em 28/06/2021, às 07h27

Vasco vence o Brusque pelo Brasileirão Série B - Rafael Ribeiro/Vasco/Fotos Públicas
Vasco vence o Brusque pelo Brasileirão Série B - Rafael Ribeiro/Vasco/Fotos Públicas

Neste domingo, 27, o Vasco venceu o Brusque pelo placar de 2 a 1, e está muito próximo de entrar no G-4 do Brasileirão Série B. Agora na sexta posição, com 10 pontos, a equipe está a dois atrás do Sampaio Corrêa, atualmente quarto colocado.

 

Por conta da boa atuação da equipe, Marcelo Cabo elogiou bastante seus jogadores, reforçando o fato de que o time não desistiu de buscar o resultado até o fim da partida. Além disso, o comandante fez questão de exaltar a postura do clube na luta contra a homofobia.

"Eu acho que a nossa social hoje resumiu tudo. Respeito. Respeito pela causa, a gente entende que a causa merece respeito. A gente apoia dentro daquilo que é a história do Vasco. A gente prega respeito a todos os segmentos. Apoiar a causa é importante porque tem dados muitos relevantes quando a gente vai esmiuçar. É sempre importante estar apoiando", disse.

Para Cabo, a equipe fez uma boa partida, e teve o controle do jogo na maior parte do tempo. O treinador destacou a entrada de Matías Galarza no time, que fez com que o jogo ficasse um pouco mais tranquilo.

"A gente teve um jogo muito controlado. O Brusque teve maior posse de bola. O goleiro deles é um dos melhores com o pé. A gente teve muito equilíbrio. A gente teve o controle do jogo. A entrada do Matías foi muito boa. A gente sempre teve jogo seguro, bem controlado e desenhado. Depois que fizemos o gol, tivemos o controle. Coloquei o Léo Jabá para que a gente tivesse saída pelo lado direito", destacou antes de completar.

"Conheço o Toty desde o Santa Cruz. Quando ele conseguiu escapar, o cara fez um gol de coxa. A gente sabia que podia ir para frente. Série B é isso, pontuar forte em casa, a gente chega à sexta colocação para que possa entrar no G-4. Hoje houve muita intensidade, entrega, e a gente conseguiu propor o jogo aproximado", concluiu.

Confira como as equipes entraram em campo para a partida, e como foi o jogo:

Escalações

O jogo

Primeiro tempo

A partida começou bastante estudada por parte das duas equipes, Vasco e Brusque demoraram mais ou menos 15 minutos para fazerem suas primeiras finalizações. Tendo mais posse de bola, os visitantes chegaram a controlar mais o jogo, mas também deixavam espaços para que o adversário pudesse ter ótimas oportunidades.

Cano e Morato foram os nomes da primeira etapa, e apesar de terem tido boas chances, não conseguiram aproveitar. Por isso, o Brusque cresceu nos minutos finais e quase marcou, mas Lucão evitou que a bola chegasse no gol do Vasco.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, o Vasco chegou com mais vontade. A entrada de Sarrafiore no fim do segundo tempo ajudou um pouco na movimentação no ataque, já que Matheus Nunes não estava muito bem.

Até o momento em que o gol foi marcado por Cano, o Vasco mandava na partida e criava as melhores oportunidades, mas depois disso, o time de Marcelo Cabo caiu de rendimento, e viu o Brusque crescer novamente no jogo.

Esse crescimento foi tanto, que Edu empatou a partida aproveitando um vacilo coletivo do Vasco. Pressionado para buscar a vitória, a equipe carioca conseguiu vencer a partida com um gol que não foi treinado, como disse Léo Matos após o jogo.

Próximos compromissos

Agora, o Vasco volta a campo pelo Brasileirão Série B na próxima quarta-feira, 30, contra o Goiás, às 19h (horário de Brasília), na Serrinha. Já o Brusque recebe o Brasil de Pelotas também na quarta, mas duas horas mais cedo, às 17h (horário de Brasília).


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!