Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » PEDIU DEMISSÃO

Maradona após pedir demissão: “Tomo essa decisão com toda a dor da minha alma”

Treinador renunciou o cargo do Gimnasia na tarde desta terça-feira, 19

Gabriela Santos Publicado em 19/11/2019, às 19h40

Maradona fala sobre sua saída do Gimnasia
Maradona fala sobre sua saída do Gimnasia - GettyImages

Diego Armando Maradona oficializou sua demissão do comando do Gimnasia, nesta terça-feira, 19 e colocou fim em seu ciclo como treinador do Lobo. 

O treinador - que está há três meses no cargo - apresentou seu pedido de demissão na última segunda-feira, 18, em uma reunião com o presidente do clube, Gabriel Pellegrino. Porém, tanto a direção quanto os jogadores pediram a permanência de Maradona no comando técnico, o que lhe comoveu e disse que o anúncio oficial aconteceria nesta terça.

O motivo que levou Diego Maradona a pedir demissão foi político. O atual presidente do clube, com quem tem uma relação muito boa, não tentará uma reeleição.

"Queria informar a todos que estou renunciando ao meu cargo de treinador do Gimnasia y Esgrima La Plata. Tomo essa decisão com toda a dor da minha alma, porque o presidente Gabriel Pellegrino não aparecerá na próxima eleição. Fiquei sinceramente surpreso por ele não ter feito isso. Conversei com ele e, depois de ouvi-lo, tenho que me afastar", escreveu o treinador de 59 anos. 

“Senti que, juntos, os funcionários do clube, minha equipe técnica, os médicos, os adereços, os líderes, as pessoas e, especialmente, esses jogadores, que deixaram a pele em cada jogo, estávamos encontrando uma maneira do Gimnasia permanecer na Primeira (divisão). Era a hora de continuar com o projeto e encontrar os reforços necessários. É por isso que mantivemos a ilusão até o último momento, porque em todas as conversas que tivemos com o presidente, concordamos que haveria unidade para procurar juntos o objetivo do sonho. Mas, infelizmente, não poderia ser", completou.

Após a decisão, Pellegrino explicou que tentou reunir todas as frentes nas eleições para gerar uma “união” e manter Maradona no banco, mas os opositores se recusar a se juntar a atual gestão.

"Maradona disse que, se não houvesse unidade, ele se demitiria. Ele e seu pessoal tentaram reunir o clube. A unidade falhou, há listas, no sábado há eleições e qualquer um (candidatos à presidência) escolherá um técnico", disse o presidente em coletiva de imprensa.

O técnico chegou ao clube em 8 de setembro. Até então, ele comandou o clube em oito partidas, com cinco derrotas e três vitórias, ele fez com que o Gimnásia assumisse a 22ª colocação (na primeira divisão, tem 24 equipes).

Instagram

 


5 itens de times internacionais que todo amante do futebol vai querer ter

1- Camisa Juventus 1985 Retrô - https://amzn.to/2JeQQgo

2- Caneca Scandinavia Real Madrid - https://amzn.to/2oh7iWs

3- Porta Tênis c/ 2 divisões Manchester City - https://amzn.to/32GlAin

4- Funko Pop! Paris Saint-Germain Kylian Mbappé - https://amzn.to/2pJkLGO

5- Bola Bolsa Esportiva Barcelona - https://amzn.to/2MGSGsQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!