Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / SOLTOU O VERBO!

Mano Menezes detona SAF do Cruzeiro: "Grande vigarice"

Mano Menezes, que foi um dos técnicos mais importantes do Cruzeiro nos últimos anos, detonou a postura e a decisão do clube ao se tornar SAF

Redação Publicado em 09/06/2022, às 11h06

Mano Menezes critica Cruzeiro - Crédito: Getty Images
Mano Menezes critica Cruzeiro - Crédito: Getty Images

Mano Menezes, hoje treinador do Internacional, teve passagem impressionante pelo Cruzeiro, que rendeu duas conquistas seguidas de Copa do Brasil. Deixando o clube em 2019 e depois de três anos no comando da equipe, o treinador passou por clubes como Palmeiras, Bahia, Al-Nassr e agora comanda o Colorado, que está em quinto lugar no Campeonato Brasileiro.

Contudo, mesmo tendo a identificação com o clube depois de tanto tempo trabalhando na Toca da Raposa, o treinador não poupou críticas à SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do Cruzeiro, que foi vendida para o ex-jogador Ronaldo Fenômeno. Em entrevista à "TNT Sports", o técnico classificou a venda do clube como "uma grande vigarice".

CANAL - SPORTBUZZ

"Eu achei esse negócio da SAF, uma parte desta questão da SAF, uma grande vigarice. Porque se existe uma coisa sagrada no Brasil são os direitos trabalhistas. Então, na medida em que você permita que se faça uma SAF e pode direcionar e parcelar dívidas de contratação, dívida disso ou daquilo, as dívidas trabalhistas você tem que cumprir, porque no país isso sempre foi sagrado", comentou.

Além disso, Mano alega que o Cruzeiro ainda segue em dívidas trabalhistas com ele. O treinador revelou que não entrou na justiça para pedir o dinheiro até o momento em que o clube poderia quitar essa dívida, mas optou por usar o dinheiro para o acordo da SAF. Os valores da dívida não foram divulgados, mas entram na lista dos grandes problemas administrativos que o clube tem.

Mano Menezes teve passagem pelo Cruzeiro
Mano Menezes alega dívida não paga pelo Cruzeiro - Crédito: Getty Images

"Eu estou com uma dívida trabalhista dos salários que o Cruzeiro não me pagou. Não entrei na justiça pedindo isso, hora extra, nada, zero. É do dinheiro que o Cruzeiro disse que me devia, e que foi lá, colocou no acordo e não me pagou. Então, me obrigou a entrar na Justiça para receber", contou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!