Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / TROCA DE FARPAS

Mandatário da LaLiga rebate provocação de presidente do PSG

Comandante da LaLiga, Javier Tebas rebateu a provocação de Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG, sobre ameaças contra as contratações do clube francês

Redação Publicado em 22/06/2022, às 19h25 - Atualizado às 19h30

Mandatário da LaLiga, Javier Tebas - GettyImages
Mandatário da LaLiga, Javier Tebas - GettyImages

Comandante da LaLiga (liga espanhola), Javier Tebas rebateu a provocação de Nasser Al-Khelaifi, presidente do Paris Saint-Germain, em troca de farpas que ganhou proporções ainda maiores após a permanência de Kylian Mbappé no clube francês. O camisa 7 era o principal alvo do Real Madrid, da Espanha, para a próxima temporada europeia.

Em entrevista ao jornal “Marca”, Al-Khelaifi cutucou Tebas, que criticou e chegou a ameaçar de entrar com ações contra as contratações do clube francês. “Quem é Tebas? Não conheço essa pessoa. Tanto faz o que diga, a verdade é que se fala há anos. O que fazemos é que porque sabemos que é possível. Não é nosso estilo falar de outras ligas, clubes ou federações. Não vamos dar lições ou permitir que nos deem. Seguiremos construindo nosso projeto”, disse o dirigente ao ser questionado sobre as declarações de Tebas.

Canal - SportBuzz:

Nesta quarta-feira, 22, o comandante da liga espanhola não deixou passar batido e usou as redes sociais para rebater a provocação de Al-Khelaifi. “O que faz Al-Khelaifi é outro nível. Nos tira todos para bobos (nem ele acredita em suas mentiras) e vai ao Marca dar lições com soberba e arrogância de "novo rico". As regras não existem para o PSG. Seguiremos lutando por um futebol sustentável e sem truques”, escreveu.

Javier Tebas é um dos maiores críticos contra as contratações do Paris Saint-Germain. O comandante da LaLiga alega a falta de efetividade do Fair Play financeiro do futebol europeu sobre os clubes-estado. Casos como do PSG, ligado ao Catar, e do Manchester City, que pertence a empresários ligados ao governo dos Emirados Árabes.

Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG
Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG (Crédito: GettyImages)

Nas últimas semanas, a relação entre futebol espanhol e francês ganhou mais um capítulo após o acordo de renovação do PSG com Mbappé, desejo antigo do Real Madrid. A permanência do camisa 7 foi a negociação mais cara da história do clube. Diante dos valores, a LaLiga apresentou à Uefa uma queixa contra o Paris e o Manchester City por infração de Fair Play financeira e ainda indicou que irá tomar medidas legais contra União Europeia, França e Suíça.

“Todos os anos, no verão, é a mesma coisa. Sabemos o que podemos fazer, quem podemos contratar. Sabemos melhor do que ele o que podemos fazer, e ninguém tem que nos dizer o que devemos fazer. Não me importo com o que ele diz. Deve se concentrar mais no seu campeonato, porque LaLiga está um pouco morta”, respondeu Al-Khelaifi.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!