Sportbuzz
Testeira
Futebol / CHAMPIONS!

Após derrota do United na Champions League, Cristiano Ronaldo manda recado

Cristiano Ronaldo não saiu satisfeito com derrota do Manchester United na Champions League

Redação Publicado em 14/09/2021, às 17h43 - Atualizado às 17h53

Cristiano Ronaldo analisou derrota do Manchester United na Champions League - GettyImages
Cristiano Ronaldo analisou derrota do Manchester United na Champions League - GettyImages

Nesta terça-feira, 14, o Manchester United foi surpreendido pelo Young Boys e saiu derrotado por 2 a 1 na estreia da equipe nesta edição da Champions League. Apesar da derrota, um dos poucos pontos positivos do time inglês foi Cristiano Ronaldo, que deixou a sua marca no confronto diante dos rivais ingleses. 

Depois do apito final, o craque português foi até as redes sociais para se pronunciar em relação a derrota do Manchester United para o Young Boys. O atacante português deixou claro que não era o resultado esperado, mas destacou a necessidade do elenco se recuperar para buscar a classificação para oitavas de final da Champions League. 

"Não era o resultado que gostaríamos, mas agora é o momento de nos recuperar e ter foco para a próxima partida", escreveu o craque, que já tem três gols em dois jogos no seu retorno para o Manchester United. 

CONFIRA A PUBLICAÇÃO!

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Cristiano Ronaldo (@cristiano)

 

SAIBA COMO FOI O JOGO!

No dia em Cristiano Ronaldo se igualou a Casillas, chegou a 177 partidas na Champions League e se tornou o jogador que mais vezes jogou a competição, o atacante não conseguiu salvar o Manchester United. Com um a menos desde o primeiro tempo, CR7 marcou o gol dos ingleses que acabaram perdendo por 2 a 1, fora de casa, contra o Young Boys

 

Os donos da casa souberam explorar o número de jogadores a mais em campo e conseguiram arrancar um empate no segundo tempo. Cristiano Ronaldo marcou aos 12 minutos do primeiro tempo, mas com a expulsão de Bissaka, a segunda etapa foi do Young Boys que conseguiu o 1 a 1, virou para 2 a1 e conseguiu uma virada histórica em sua estreia na Champions League. 

COMO FOI O PRIMEIRO TEMPO?

O Manchester United teve dificuldade na primeira etapa, mas conseguiu sair em vantagem para o segundo tempo. Enfrentando um Young Boys corajoso e que demonstrou não ter medo de atacar o time inglês, os Red Devils tiveram uma boa atuação nos 45 minutos iniciais, abriram o placar com Cristiano Ronaldo, mas saíram com um jogador a menos e que fez falta. 

No começo do jogo, até 25 minutos do primeiro tempo, foi o Manchester United quem ditou o ritmo. Com um Cristiano Ronaldo sempre decisivo, o português recebeu um lindo passe de trivela de Bruno Fernandes e bateu de primeira para fazer 1 a 0 aos 12 minutos do primeiro tempo. 

O camisa 7 ainda iria assustar Von Ballmoos em outra finalização. Em outra grande jogada de Bruno Fernandes, o meia deixou Cristiano Ronaldo em ótima condição para finalizar e o atacante bateu com força, mas o goleiro do Young Boys conseguiu uma defesa espetacular e evitou o que poderia ter sido o segundo do United. 

Em meio as investidas do Manchester, o Young Boys surpreendeu os ingleses com algumas saídas em velocidade. Como os ingleses entraram com uma formação sem um volante marcados, a área defensiva ficou exposta e os suíços obrigaram De Gea a fazer grandes defesas em chutes de Farssnatch. 

O confronto mudou de cara a partir do 35 minutos, depois que Wan Bissaka, do Manchester United, foi expulso ao colocar as cravas de sua chuteira na canela de Martins Pereira. Após esse lance, o Manchester sofreu com o Young Boys e foi sufocado. Os suíços tiveram excelentes oportunidades com Farssnatch, que não soube aproveitá-las. 

E O SEGUNDO TEMPO? 

Para o segundo tempo, Solskjaer mudou o time e colocou Varane em campo. O treinador do Manchester United tirou Van de Beek para fechar um pouco mais o seu time no campo de defesa e dar maior segurança para que os meias ingleses conseguissem encontrar mais espaços para deixar Cristiano Ronaldo em condições de decidir a partida. 

As mudanças de Solskjaer surtiram efeito até certo ponto do jogo, mas o Manchester United acabou abdicando de jogar para focar em se defender. Os ingleses se fecharam muito na defesa e o Young Boys viu a brecha para arrancar o empate e conseguiu isso aos 20 minutos. 

Elia foi para cima da marcação, levou até a linha de fundo e cruzou rasteiro para a área. Ngamelou se antecipou a Varane e colocou o pé na bola, o desvio matou De Gea na jogada, que até tentou chegar, mas viu a bola balançar as redes e ficar tudo igual na Suíça. 1 a 1. 

Ainda no final do jogo, o Young Boys seguiu pressionando o Manchester United e quase conseguiu a virada. Lauper arriscou uma bomba de fora da área e obrigou De Gea a fazer um milagre para evitar o segundo gol do time casa. Os ingleses, por sua vez, não conseguiram oferecer perigo a meta rival.

Quando tudo parecia que ia acabar no empate, o Young Boys arrancou uma vitória histórica no último minuto de jogo. Lingard recuou errado e a bola caiu de bandeja para Siebatcheu, que tirou de De Gea e colcou para o fundo das redes. 2 a 1. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!