Sportbuzz
Testeira
Futebol / INGLATERRA

Manchester City: Acusado de estupro, Mendy seguirá preso até julgamento em 2022

Jogador francês tem terceiro pedido de fiança negado e aguarda julgamento, em janeiro do ano que vem

Redação Publicado em 11/10/2021, às 13h45

Manchester City: Acusado de estupro, Mendy seguirá preso até julgamento em 2022 - GettyImages
Manchester City: Acusado de estupro, Mendy seguirá preso até julgamento em 2022 - GettyImages

O lateral-esquerdo Benjamin Mendy, do Manchester City, permanecerá em prisão preventiva até o seu julgamento, marcado para 24 de janeiro de 2022. Acusado por uma série de estupros e detido no fim de agosto, o jogador teve o terceiro pedido de fiança negado por um juiz em uma audiência no Tribunal Crown de Chester.

Mendy é investigado por quatro crimes de estupro e um de assédio sexual, denunciado por três vítimas, sendo uma delas menor de 18 anos. Co-acusado do jogador, Louis Saha Matturie, também segue sob custódia.

De acordo com a polícia de Cheshire, os casos teriam ocorrido entre outubro de 2020 e agosto de 2021, em seu endereço residencial, no noroeste da Inglaterra.

Acusado e preso no dia 26 de agosto, o lateral francês foi suspenso pelo City enquanto o clube aguarda as investigações. O rosto de Mendy foi retirado das campanhas publicitárias e camisetas dos Citzens.

No Manchester City desde 2017, Benjamin Mendy tem 75 partidas, marcou dois gols e deu duas assistências. Se contrato vai até o fim da temporada 2022/23. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!