Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CAMPEONATO BRASILEIRO

Luxemburgo lamenta derrota do Vasco, mas destaca: “Não acabou”

Técnico assume culpa pela derrota para o Fortaleza, mas não joga a toalha na briga contra o rebaixamento: “Seguimos em frente”

Redação Publicado em 11/02/2021, às 11h43

Luxemburgo lamenta derrota do Vasco, mas destaca: “Não acabou”
Luxemburgo lamenta derrota do Vasco, mas destaca: “Não acabou” - Reprodução/ YouTube

O Vasco foi derrotado por 3 a 0 pelo Fortaleza nesta quarta-feira, 10, e se complicou na briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Após o jogo no Castelão, o técnico Vanderlei Luxemburgo lamentou o resultado e disse que o time se descontrolou após sofrer o primeiro gol.

Em coletiva, o treinador destacou a superioridade do Leão e assumiu a responsabilidade pela derrota.

“Começamos bem o jogo, apertamos eles, tivemos uma bola na trave. Depois do gol, houve um descontrole. Não conseguimos fazer o que treinamos. Não fizemos o que traçamos para o jogo. É lamentar e vida que segue”, disse.

“Faltou um pouco mais de marcação dura, mais apertada. Jogar a culpa em alguma situação é covardia. O maior responsável sou eu, e o Fortaleza foi melhor, produziu mais e mereceu ganhar”, completou.

A três rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Vasco é o primeiro time dentro do z-4, 17º colocado, com 37 pontos. O time tem a mesma pontuação que o Bahia, 16º, e Luxemburgo não desistiu da briga para permanecer na Série A.

“A proposta é manter o time na Série A, então, é importante se preparar bem para enfrentar o Inter. Depois, tem Corinthians e Goiás. A coisa não acabou. Temos de ter a consciência de que a coisa não acabou. Se tivermos isso em mente, temos condições de manter o Vasco na Série A. Se acharmos que por causa da atuação já fomos rebaixados, não adianta nem entrar em campo contra o Inter, Corinthians e Goiás”, disse.

“Temos três jogos e podemos brigar. Estou chateado, entendo as críticas e entendo o torcedor que deve estar revoltado. Mas precisamos de equilíbrio emocional para o próximo jogo. Temos de acreditar que podemos ganhar. Se não acreditarmos, não devemos nem entrar em campo contra o Inter”, declarou.

O Vasco volta a campo no próximo domingo, 14, em São Januário, contra o líder Internacional, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!