Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Luan quebra o silêncio sobre críticas no Corinthians e revela: "Dá vergonha mesmo"

Meia-atacante ainda contou que não dorme, quando o Timão perde ou ele joga mal

Redação Publicado em 20/11/2020, às 13h35 - Atualizado às 14h28

Luan em ação com a camisa do Corinthians
Luan em ação com a camisa do Corinthians - GettyImages

A principal contratação do Corinthianspara o ano de 2020 ainda não vingou e tem sido alvo de frequentes críticas dos torcedores com seu futebol. Se você pensou em Luan, está certo. O craque alvinegro está tentando recuperar seu bom futebol no Timão e comentou sobre seu momento para o veículo oficial do clube. 

De acordo com o meia-atacante, ele não se sente confortável com as frequentes derrotas do Corinthians na temporada. O jogador também revelou que não dorme quando o time perde ou ele não tem uma atuação boa, além de se sentir envergonhado pelo futebol praticado. 

"Meus amigos são corintianos. O fato de estar aqui é uma enorme responsabilidade. Fico louco, nem falo com eles e acabo não dormindo quando o Corinthians perde ou eu não jogo bem. Dá vergonha mesmo. É um bagulho que eu sempre sonhei estar jogando aqui", disse. 

Ele ainda conta que algumas críticas não o atingem: "Eu tiro de letra certas coisas, não me atingem. O que falam, o que inventam... Minha mãe mora longe de mim, então com ela acaba afetando esse tipo de mentira (sobre ter depressão). Mas eu tenho cabeça boa para focar no Corinthians". 

Luan também deu maiores detalhes de sua infância para o canal oficial do Timão. O craque contou como foi crescer na "quebrada" e também revelou como foi ser educado sem um pai. O meia, foi criado pela mãe e pela vó e relatou como era esse período ao lado delas. 

"Minha família é minha mãe e avó, não tive pai. As duas são minha família junto com meu irmão. Sempre tentei ajudar da melhor forma possível. Graças ao futebol, pude dar essa condição melhor para eles. Já vi muita coisa, cara morrendo na minha frente. Eu tive mais certeza ainda que aquela vida não era para mim. Carrego a minha família, meus amigos, meus ensinamentos. Que foi onde aprendi a ter mais maturidade, crescer mais rápido, pelo fato de não ter um pai. Tudo que tenho é da minha quebrada, onde aprendi, onde moldei meu jeito de ser. Os ensinamentos levo comigo até hoje. Meus parceiros todos cresceram comigo. Levarei para sempre", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!