Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COPA DO BRASIL!

Lisca revela "abalo na confiança" do América-MG com empate, mas faz alerta ao Palmeiras: "Vamos para o Independência"

Treinador do Coelho lamentou muito o empate sofrido em um arremesso lateral

Redação Publicado em 24/12/2020, às 09h51 - Atualizado às 10h43

Lisca em ação pelo América Mineiro
Lisca em ação pelo América Mineiro - Divulgação/América-MG

O América Mineiro segue surpreendendo na Copa do Brasil. Com um trabalho excelente de Lisca, o treinador tem conseguido feitos inesquecíveis na competição e arrancou um ótimo resultado na última quarta-feira, 23, contra o Palmeiras, quando empatou por 1 a 1 no Allianz Parque. 

Em entrevista coletiva, o técnico fez uma análise e surpreendeu a todos ao falar em relação ao resultado. De acordo com Lisca, sua equipe poderia até ter saído com um resultado melhor, porém acabou sofrendo um gol de arremesso lateral e saiu com um empate de São Paulo. 

"Conseguimos levar um bom resultado, o empate. Não o ideal, até porque saímos na frente, e pela maneira que tomamos o gol. Mas um resultado que deixa o jogo aberto. O primeiro tempo foi em São Paulo, e agora vamos para o segundo tempo, quarta, no Independência", disse.

Em relação ao gol marcado pelo Palmeiras, o treinador do Coelho revelou que sua equipe sentiu muito o tento sofrido. Segundo o comandante do Verdão, a confiança de seu elenco foi abalada e demorou para que o time se reerguesse em campo e desse uma resposta ao Palmeiras

 "Nos deixou muito chateados no vestiário. Até a gente recuperar nosso ímpeto, foram cinco, 10 minutos no vestiário, porque já tínhamos tomado um gol contra o Inter numa falta frontal, agora foi um lateral frontal. Uma bola direta, um gol raro, que poucas vezes acontece. Talvez um desvio pra uma outra conclusão. Se faltou alguma coisa, foi isso, um pouco mais de atenção no final do primeiro tempo e um controle maior desse lateral jogado na área pro Gustavo (Gómez), porque foi uma jogada cantada. Ele atravessou todo o campo pra entrar na nossa área", afirmou. 

Ele ainda seguiu: "Nós sabíamos dessa bola e acabamos sofrendo o gol que nos deixou com aquele sentimento de que a gente podia ter virado pro segundo tempo com a vantagem. Aí seria outro vestiário, o Palmeiras talvez teria que tomar algumas providências mais radicais a nível de soltar o time, e a gente poderia aproveitar melhor. Se faltou alguma coisa, foi esse controle". 

Lisca também apontou o que achou de melhor no Coelho ao longo dos 90 minutos iniciais do confronto e também voltou a destacar o que atrapalou o desempenho de seus jogadores. Mesmo assim, o comandante acabou valorizando o resultado fora de casa. 

"Eu gostei muito dos primeiros 25, 30 minutos da equipe. Depois controlamos bem, e infelizmente tomamos aquele gol no final (do primeiro tempo), que fez o intervalo ser diferente, e o segundo tempo iniciar diferente. Eles cresceram, pegaram confiança, tiveram boas chances no início da segunda etapa. Depois a gente começou a fazer algumas trocas, muito mais no aspecto defensivo, de sustentação. E aí conseguimos controlar bem e sustentar o empate, que também era importante", concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!