Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Lisca diz que Atlético-MG foi favorecido no estadual para chegar até a final e comenta: "Queremos ser o time indesejado na final"

Lisca foi o personagem central do clássico entre Cruzeiro e América-MG e disse que querem a final entre Raposa e Atlético-MG

Redação Publicado em 03/05/2021, às 08h02

Lisca diz que Atlético-MG foi favorecido para estar na final do estadual - Fernando Almeida / América / Flickr
Lisca diz que Atlético-MG foi favorecido para estar na final do estadual - Fernando Almeida / América / Flickr
O clássico entre Cruzeiro e América-MG, que foi vencido pelo Coelho por 2 a 1, de virada, teve como personagem principal, sem dúvidas, o técnico Lisca. Além de ser provocado por Marcelo Moreno, o treinador ainda disparou sobre o favorecimento do Atlético-MG no torneio.
 
 
Na partida deste domingo, 2, o treinador estava agitado na beira do campo. Gesticulou, provocou, foi provocado e gerou revolta do lado Celeste, com uma confusão no fim da partida, na entrada dos vestiários.
 
Lisca disse que a tentativa de brigar foi para desviar o foco do resultado alcançado pelo América-MG e que vê um favorecimento para que o jogo entre Atlético-MG e Cruzeiro aconteça na final, para celebrar os 100 anos do clássico entre as duas equipes.
 
O treinador não estará no banco no jogo de volta, no próximo domingo, 9, já que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, mas o novo encontro entre Cruzeiro e América-MG já promete ser ainda mais quente. 
 

Marcelo Moreno prometeu

 
A semifinal do Campeonato Mineiro, com o clássico entre Cruzeiro e América-MG terminou em confusão neste domingo, 2. Já no túnel em direção aos vestiários, americanos e cruzeirenses se desentenderam e uma confusão generalizada começou.
 
Para conter os ânimos, seguranças dos dois clubes e do Mineirão foram acionados para impedir que a situação ficasse ainda mais complicada.
 
Jogadores, comissão técnica e equipe de staff discutiram e trocaram empurrões. Isso foi reflexo dos ânimos aflorados durante a partida entre Cruzeiro e América-MG. Em um momento específico da confusão, o atacante Marcelo Moreno direcionou palavras ao técnico Lisca.
 
"Lisca, vai ter volta, eim, respeita a gente", disse.
 
Durante toda a partida, foi possível observar que o clima não era dos melhores entre as duas equipes, tanto dentro como fora de campo.
 
Lisca, técnico do Coelho, se mostrou muito irritado com o banco de reservas do Cruzeiro, inclusive comemorando o primeiro dos dois gols de sua equipe na direção dos adversários.
 
Apesar disso, pelas câmeras da transmissão não foi possível observar o que deu início à confusão depois do apito final, mas depois de alguns minutos os ânimos foram acalmados, e as duas equipes foram para seus respectivos vestiários, sem maiores problemas.
 
Além disso, foi possível ver os dois presidentes, Alencar da Silveira Júnior e Sérgio Santos Rodrigues, tentando apartar a situação.
 
Agora, os dois times voltam a se enfrentar no próximo domingo, 9, às 16h (horário de Brasília), no Independência. Por conta da vitória por 2 a 1, de virada, o América pode perder por até um gol de diferença para garantir a vaga na grande decisão do Campeonato Mineiro.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!