Sportbuzz
Testeira
Futebol / LIBERTADORES

Libertadores: Raio-X dos duelos entre Corinthians e Boca Juniors

Corinthians e Boca Juniors se enfrentam em duelo decisivo pela fase de grupos da Libertadores; confira como é o retrospecto dos confrontos entre as equipes

Redação Publicado em 26/04/2022, às 07h00

Corinthians e Boca Juniors se enfrentam em duelo decisivo pela fase de grupos da Libertadores - Getty Images
Corinthians e Boca Juniors se enfrentam em duelo decisivo pela fase de grupos da Libertadores - Getty Images

Nesta terça-feira, 26, Corinthians e Boca Juniores reeditam a grande final da Libertadores de 2012 em duelo válido pela terceira rodada da fase de grupos do torneio continental. Para deixar vocês por dentro do confronto, o SportBuzz preparou uma matéria especial com todos os dados relevantes dos duelos entre os times. Bora analisar?!

SUPERIORIDADE ARGENTINA!

O Boca Juniors é quem levou a melhor mais vezes no duelo! Ao todo, as equipes entraram em campo oito vezes (por Libertadores e Copa Mercosul), com quatro jogos terminando empatados, o Boca saindo vencedor outras em três oportunidades e o Corinthians em apenas uma.

 

CANAL - SPORTBUZZ: 

Como as competições são divididas em jogos de ida e volta, as equipes se enfrentaram em quatro competições diferentes: Libertadores 91, Copa Mercosul 2000, Libertadores 2012 e Libertadores 2013. Destas quatro competições, os argentinos levaram a melhor em três, mas acabaram saindo derrotados na mais importante delas: a final da Liberta de 2012!

Corinthians e Boca Juniors reeditam final da Libertadores de 2012
Corinthians e Boca Juniors reeditam final da Libertadores de 2012 - Getty Images/ Divulgação

 

FINAL 2012

Após uma campanha histórica, o Corinthians chegou à final da Libertadores de 2012 de maneira invicta e tinha pela frente um dos melhores times da América na aquela época: o Boca Juniors de Riquelme. No jogo de ida, a torcida alvinegra levou um susto, aos 27 minutos do segundo tempo, quando viu Roncaglia abrir o placar na Bombonera. Porém, um herói improvável saiu do banco e, com apenas um toque na bola manteve o sonho corintiano vivo.

O gol de Romarinho no jogo de ida deu ânimo ao time do Corinthians e a seus torcedores, que lotaram o Pacaembu no dia 4 de julho. Após um primeiro tempo dramático, que terminou novamente com o placar igualado, brilhou a estrela de Emerson Sheik, que balançou as redes duas vezes (aos nove e aos 27 do segundo tempo) e garantiu o primeiro título de Libertadores da história do Timão.

POLÊMICA ELIMINAÇÃO EM 2013

E a rivalidade entre as equipes se tornou ainda maior após a polêmica eliminação do Corinthians para o Boca Juniors na Libertadores de 2013. Os dois times que recentemente haviam disputado o título da competição se reencontraram em duelo válido pelas oitavas de final. Na ocasião, o jogo de ida, na Argentina, acabou com vitória do Boca, graças ao gol marcado por Nicolás Blandi.

No duelo da volta, no Pacaembu, o árbitro paraguaio Carlos Amarilla, protagonizou um dos maiores escândalos da história da Libertadores, ao deixar de marcar dois pênaltis a favor do Corinthians e anulando erroneamente dois gols legítimos do time paulista. Com isso, o placar final acabou em 1 a 1 e a equipe alvinegra acabou eliminada da competição.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!