Sportbuzz
Testeira
Futebol / VISH!

Libertadores: Dirigente do Flamengo analisa chave do Atlético-MG e diz que River Plate será eliminado

Marcos Braz, dirigente do Flamengo, analisou o chaveamento da Libertadores e os adversários de River Plate e Atlético-MG

Redação Publicado em 01/06/2021, às 15h33 - Atualizado às 16h28

Marcos Braz, do Flamengo, polemizou sobre Atlético-MG e River Plate na Libertadores - Alexandre Vidal/Flamengo
Marcos Braz, do Flamengo, polemizou sobre Atlético-MG e River Plate na Libertadores - Alexandre Vidal/Flamengo

Nesta terça-feira, 1, a Conmebol realizou os sorteios da fase de oitavas de final da Libertadores da América. Com um chaveamento visto por muitos como desequilibrado, o Flamengo teoricamente ficou do lado que tem um caminho mais fácil até a final. Depois do evento que definiu os confrontos do mata-mata da competição, Marcos Braz polemizou sobre o River Plate e também com o Atlético-MG

 

Em live transmitida pela "FlaTV", o dirigente do Flamengo comentou logo de cara qual gigante sul-americano pode ser eliminado nas oitavas de final. De acordo com Braz, o River Plate deve ter dificuldades diante do Argentino Juniors e declarou que a equipe de Marcelo Gallardo ficará de fora das quartas de final da Libertadores da América. 

"Eu acho que passa o Argentinos Juniors no jogo contra o River. São duas equipes em momentos diferentes, o Argentinos Juniors, primeiro time do Maradona, estão vivendo um bom momento", afirmou. Enquanto isso, Marcos Braz também analisou o adversário do Flamengo nas oitavas, que será o Defensa y Justicia e pregou respeito aos argentinos. 

"É o que sempre falo, não mudo minha narrativa. Eu sempre torço para que não pegue argentino. Caiu, vamos jogar, vamos jogar com tranquilidade como se fosse qualquer um. Logística mais tranquila, sempre me preocupo com essas questões. Vamos analisar aí como vai ser o chaveamento, o caminho. A gente é otimista e analisa o caminho", explicou. 

Questionado em relação ao chaveamento de outros rivais, como o do Atlético-MG, Marcos Braz revelou que o lado dos outros adversários brasileiros é mais complicado. Mesmo assim, o dirigente do Flamengo ressaltou que a chave do rubro-negro carioca também não é das mais fáceis. 

"É pedreira (risos). É o Flamengo fazer o dever dele, do nosso lado tem o Inter, Vélez... querer achar que um Inter seja fraco é longe disso, tem muita tradição. Do outro lado está um pouco mais salgado", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!