Sportbuzz
Testeira
Futebol / BARCELONA

Laporta diz que Messi já tinha proposta do PSG quando negociava renovação com Barcelona

Presidente do clube catalão revela que chegou a pensar em ter argentino ‘de graça’; mandatário garante permanência de Koeman

Redação Publicado em 08/10/2021, às 11h35

Laporta diz que Messi já tinha proposta do PSG quando negociava renovação com Barcelona - GettyImages
Laporta diz que Messi já tinha proposta do PSG quando negociava renovação com Barcelona - GettyImages

Joan Laporta, presidente do Barcelona, falou sobre as tentativas de renovação de contrato de Lionel Messi antes do início da atual temporada europeia. Em entrevista à rádio “RAC1”, ele destacou a relação com o craque argentino e afirmou que tinha a expectativa pela permanência do ex-camisa 10. Sem sucesso na negociação, o jogador assinou com o PSG, da França.

“Quando chegou a hora de tomar a decisão, pensei que estava fazendo o melhor pelo Barça. Esperava que houvesse uma mudança de rumo e dissesse ‘Eu jogo de graça’, mas não podemos pensar que um jogador dessa altura faria isso”, disse Laporta.

 

“Temos uma relação muito boa, eu sabia que quando tivéssemos recuperado a economia iria compensá-lo, mas exigir isso pensando no que ele tem em Paris...”, completou.

Depois de falar do desejo de deixar o clube no ano passado, na então gestão de Josep Maria Bartomeu, Messi chegou a aceitar renunciar a metade do salário para permanecer no clube nesta temporada. Pela crise financeira que o clube enfrenta, além de determinações salariais da La Liga, a renovação não foi concluída.

De acordo com Laporta, Messi já tinha uma proposta para assinar com o PSG quando a negociação de renovação com o Barcelona foi encerrada. O mandatário garantiu que não sente mágoas do argentino.

“Não, eu o amo demais para ficar com raiva. Mas chega um momento em que, quando você vê que não pode acontecer, há decepção de ambos os lados. Havia desejo de ficar, mas também pressão com a oferta que ele tinha. Ele sabia que se não ficasse, iria para o PSG. Messi ficará para a história do Barça como o melhor jogador da história e gostaria de preservar esta ideia. Tudo indica que teve a oferta do PSG antes de sair do Barça. Sabíamos, durante a negociação, que ele tinha uma oferta muito poderosa”, afirmou Laporta.

Durante a entrevista, o presidente ainda confirmou que o técnico Ronald Koeman vai permanecer no cargo e merece “uma margem de confiança”.

“Depois de ouvir pessoas diferentes de minha confiança, cheguei à conclusão de que tenho de agir como fiz com o Rijkaard. Ele merece uma margem de confiança. É um culé como todos nós, adora o Barça, decidiu entrar numa situação de máxima dificuldade esportiva e institucional”, disse.

“Perguntei se ele confia na equipe e ele disse ‘Claro’, com contundência, que estava confiante, mas precisava de recuperar os lesionados. Esperamos que contra o Valencia, Dínamo ou Real Madrid, Dembélé possa jogar. Vamos ver a volta de Kun (Aguero), que contratamos para marcar. Houve a lesão de Ansu Fati... Era justo dar a ele essa margem de confiança. Estou muito satisfeito por ter tomado esta decisão”, completou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!