Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » CASO ROBINHO

Justiça italiana confirma condenação a Robinho em segunda instância

Corte de Milão confirma condenação do jogador e amigo a nove anos de prisão por estupro

Redação Publicado em 10/12/2020, às 13h43

Justiça italiana confirma condenação a Robinho em segunda instância
Justiça italiana confirma condenação a Robinho em segunda instância - Ivan Storti/Santos FC/Fotos Públicas

Nesta quinta-feira, 10, a Corte de Apelação de Milão confirmou em segunda instância a condenação do jogador Robinho e seu amigo Ricardo Falco a nove anos de prisão por estupro coletivo de uma jovem albanesa. A informação foi divulgada pelo UOL Esporte.

O jogador e seu amigo foram acusados de abusar sexualmente da jovem na madrugada de 22 a 23 de janeiro de 2013, na boate Sio café, em Milão.

A defesa do atleta irá recorrer à chamada Corte de Cassação, equivalente ao Supremo Tribunal Federal aqui no Brasil. Será a terceira e última instância. Após o fim do processo, Robinho ou será condenado definitivamente, como nos tribunais anteriores, ou será absolvido.

O julgamento ocorreu pouco mais de três anos depois da condenação, em novembro de 2017. A decisão também havia sido há nove anos de prisão pelo crime de violência sexual em grupo.

De acordo com o Globo Esporte, a Corte de Apelação rejeitou o recurso apresentado pelos advogados de Robinho. A decisão foi tomada por três juízas, Francesca Vitale, que presidiu o julgamento, Paola Di Lorenzo e Chiara Nobili.

Robinho está no Brasil e foi representado por advogados italianos. A alegação da defesa é de que a mulher deu o consentimento naquela noite, mesmo após ingerir bebidas alcoólicas. 

A defesa também apelou para o fato de que algumas traduções na transcrição das interceptações para o julgamento teriam sido feitas erroneamente. A justificativa é de que não é possível provar que Robinho tenha tido relação sexual completa com a vítima, mas “somente” oral.

A vítima afirma ter sido abusada. Até o momento, a Justiça da Itália julgou em favor da vítima.

O SportBuzz entrou em contato com Robinho, mas ainda não obteve resposta.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!