Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » EITA!

Justiça determina pelo arrombamento da mansão leiloada de Edílson, avaliada em R$ 3 milhões; entenda!

Jogador possui dívidas trabalhistas refentes a empresas em que é sócio

Izabella Macedo Publicado em 26/08/2020, às 20h04

Justiça determina pelo arrombamento da mansão leiloada de Edílson, avaliada em R$ 3 milhões
Justiça determina pelo arrombamento da mansão leiloada de Edílson, avaliada em R$ 3 milhões - Instagram

Nesta quarta-feira, 26, o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5) determinou pelo arrombamento e pela troca de fechadura de uma das mansões pertencentes aos ex-jogador Edílson, avaliada em R$ 3 milhões.

A casa de condomínio está localizada na região do Horto Florestal, em Salvador, Bahia.

De acordo com o TRT, a residência foi leiloada para cobrir as dívidas de ações trabalhistas, movidas em 2012 por ex-funcionários de empreendimentos do ex-jogador, da sua ex-esposa e de seus demais sócios.

No ano passado, Edílson já teve cinco imóveis penhorados por conta de uma dívida de mais de R$ 8 milhões.

Segundo o site UOL, três empresas ligadas a Edilson e a sua ex-mulher Ivana Ferreira são alvo das ações: Ed Dez Eventos Promoções e Produções Artísticas, Estação Ed Dez Empreendimentos Artísticos e Bloco Carnavalesco Broder.

No despacho, que determinou o arrombamento, emitido no dia 7 de agosto, a juíza Andrea Presas Rocha afirma que a medida foi necessária para viabilizar a posse do imóvel por parte do novo proprietário Christiano Pinto Polillo.

Normalmente, o antigo dono entrega as chaves à Justiça, mas não foi o caso desta vez.

Por esse motivo, a juíza solicitou pelo auxílio policial para o arrombamento, além da presença do novo proprietário e um chaveiro para troca da fechadura, com prazo de cinco dias para execução.

"Deve o arrematante (Christiano Pinto Polillo), de logo, ficar ciente de que eventuais bens que se encontrem guarnecendo o imóvel ficarão sob sua guarda e depósito, pelo prazo de 30 dias", determinou a juíza. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!