Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » POLÊMICA!

Jornal espanhol relembra trajetória de Ronaldinho Gaúcho no Barça e lamenta prisão: "É doloroso"

A publicação relembrou as cinco temporadas do ex-jogador no clube e demonstrou tristeza com sua prisão

Isabelly Cristaldo Publicado em 09/03/2020, às 09h53

Ronaldinho Gaúcho está preso no Paraguai
Ronaldinho Gaúcho está preso no Paraguai - GettyImages

A prisão de Ronaldinho Gaúcho, no Paraguai, está dando o que falar ao redor do mundo!

O ex-jogador já passou por diversos clubes internacionais, entre eles e um dos mais marcantes foi o Barcelona. E nesta segunda-feira, 9, o jornal espanhol Marca lamentou a detenção de Ronaldinho.

“Esse sorriso sempre permanecerá nos cantos do feudo do Barça e no de alguns estádios mais do que o aplaudido, mas agora, muitos anos depois, gradualmente se apaga. Como aconteceu com seu desejo de tocar, continuar dando espetáculo. Mas naqueles anos em que ele nos “roubou”, agora está se roubando. Há muitos jogadores que, com o tempo, permaneceram protagonistas longe do verde, mas ver Ronnie atrás das grades dói", escreveu Jesus Mata, jornalista da publicação.

A matéria, continuou analisando sua trajetória pelo Barça, que durou cinco temporadas, de 2003 a 2008. Para o jornal, ver a situação de Gaúcho é doloroso.

"Dói porque você sempre sonha com um final feliz para seus ídolos, para aqueles ‘super-heróis’ que levantam 90.000 pessoas todo fim de semana “apenas” tocando a bola. Apesar disso, os finais felizes são apenas de alguns filmes e, nessa realidade, é o protagonista que precisa ser salvo”.

Ronaldinho foi preso no Paraguai, após apresentar passaporte falso para entrar no país.

Segundo o Ministério Público do Paraguai, Ronaldinho foi beneficiado por ter dado diversas informações relevantes sobre o caso à investigação. A promotoria considerou que o ex-jogador “foi enganado em sua boa fé” e decidiu usar o “critério de oportunidade”, recurso que livra os envolvidos de processo.

A pena prevista para o uso de documentação falsa é de cinco anos ou multa. Esta audiência definirá a punição ao brasileiro e seu irmão. De acordo com Adolfo Marín, advogado que defende os brasileiros, os dois definirão se retornam para o Brasil ou se permanecem no país vizinho. As informações são do site Globo Esporte.

A promotoria indiciou três pessoas que estariam envolvidas na confusão. O empresário Wilmondes Sousa Lira, apontado pela defesa de Ronaldinho como responsável pelos documentos falsos, e as paraguaias María Isabel Galloso e Esperanza Apolonia Caballero.

Os passaportes e cédulas de identidade teriam sido expedidos no nome das duas mulheres e depois adulterados com os dados de Ronaldinho e Assis. María e Esperanza estiveram presentes na sede da Promotoria contra o Crime Organizado na noite da última quinta-feira, 05, mas não dera informações sobre o caso.


5 itens de times internacionais que todo amante do futebol vai querer ter

1- Camisa Juventus 1985 Retrô - https://amzn.to/2JeQQgo

2- Caneca Scandinavia Real Madrid - https://amzn.to/2oh7iWs

3- Porta Tênis c/ 2 divisões Manchester City - https://amzn.to/32GlAin

4- Funko Pop! Paris Saint-Germain Kylian Mbappé - https://amzn.to/2pJkLGO

5- Bola Bolsa Esportiva Barcelona - https://amzn.to/2MGSGsQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!