Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » VAR

Jorge Jesus dispara contra árbitro de Athletico e Flamengo: "Não pode passar impune"

O técnico do Fla criticou a arbitragem de vídeo e disse que o time não se preparou para jogar contra duas equipes: o Athletico e o VAR

Gabriela Santos Publicado em 13/10/2019, às 21h02

Jorge Jesus critica arbitragem de vídeo do jogo entre Athletico-PR e Flamengo
Jorge Jesus critica arbitragem de vídeo do jogo entre Athletico-PR e Flamengo - Getty Images

A partida entre Athletico-PR e Flamengo foi marcada por polêmicas do VAR. O rubro-negro venceu o Furacão por 2 a 0, em plena Arena da Baixada e chegou aos 58 pontos no Campeonato Brasileiro.

O resultado fez o Flamengo quebrar um jejum 45 anos sem vencer no Paraná e permanecer com oito pontos de vantagem na liderança do Brasileirão. Mesmo com desfalques importantes como Gabigol, Arrascaeta, Filipe Luis e Rodrigo Caio, o Flamengo foi impactante na vitória.

A atuação da arbitragem foi um ponto duramente criticado pelo técnico Jorge Jesus durante a coletiva depois do duelo, que disparou contra o árbitro de vídeo dizendo que o Flamengo não foi até o Paraná para jogar contra o VAR, mas contra o Athletico.

“Sabíamos que jogo ia ser difícil pela qualidade do Athletico, um jogo completamente diferente. Já viemos preparados e sabíamos o valor do adversário. Nós não viemos preparados para jogar contra duas equipes, contra o VAR. Mas para jogar contra o Athletico”, criticou.

A principal reclamação flamenguista é sobre um lace, aos 17 minutos do primeiro tempo, depois que Lucas Silva foi derrubado por Léo Pereira na grande área.

O árbitro principal, Braulio da Silva, inicialmente marcou o pênalti, mas anulou sua marcação depois que Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, responsável pelo VAR, o ter chamado por uma revisão.

“Essa decisão do pênalti, para não falar da (falta) no Vitinho, quem comete esse tipo de erro tem que ser penalizado. Não pode tomar essa decisão e no domingo estar no campo para fazer outras asneiras. Essas pessoas não tem capacidade (de apitar), não podem (estar em campo)”, disse Jorge Jesus.

Por fim, o treinador português questionou a capacidade do árbitro de vídeo, dizendo que merece uma punição.

“Esse senhor que tomou a decisão do VAR tem que ir para a casa de férias, para não prejudicar o árbitro, que tomou uma decisão certa e depois foi influenciado pelo VAR. Então, não pode passar impune. Não é só no jogo do Flamengo”, completou o comandante rubro-negro

O Flamengo se manifestou: 

O Flamengo publicou uma nota oficial sobre a arbitragem da partida e mencionou a partida da semifinal da Libertadores, contra o Grêmio, no próximo dia 23. Confira: 

O Clube de Regatas do Flamengo lamenta ter que se posicionar a respeito da arbitragem do Campeonato Brasileiro. Acreditamos que reclamações por parte de qualquer diretoria mancham a imagem do campeonato e, por isso, vínhamos adotando como postura não nos manifestarmos depois de cada jogo, apesar de já termos presenciado várias situações que, ao nosso ver, prejudicaram claramente nossa equipe.

Não podemos, porém, nos calar após o acontecido na partida de hoje. A coincidência temporal entre a pressão pública feita por diretorias de concorrentes ao título e o ocorrido em campo no jogo contra o Athletico Paranaense nos preocupa muito. A atuação da arbitragem, tanto no campo quanto no VAR, foi desastrosa e muito prejudicial ao Flamengo.

Esperamos que episódios como esses não voltem a ocorrer, especialmente no dia 23, quando o árbitro de hoje estará envolvido novamente em uma partida importantíssima.

Uma arbitragem isenta e de alto nível: isto é o que o futebol brasileiro deseja e precisa.

O próximo compromisso do Flamengo será contra o Fortaleza, na quarta-feira, 16, às 20h, na Arena Castelão.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!